Notícia

Delícias na Caneca: facilidade que não compensa

14 julho 2014
caneca

14 julho 2014

As sobremesas da marca Dr. Oetker podem ser preparadas em alguns minutos como o arroz-doce, curau e tapioca cremosa. Confira a opinião da PROTESTE sobre mais esta novidade.

A marca Dr. Oetker lançou a linha Delícias do Brasil na caneca para oferecer de maneira rápida e prática uma iguaria típica do interior. Porém, ao analisar os rótulos das sobremesas a PROTESTE alerta que é mais saudável consumir o produto feito em casa ao invés do industrializado, que contém aditivos alimentares e corantes que podem ser prejudiciais à saúde.

 

A propaganda das sobremesas rápidas garante um modo de preparo simples (varia de 1 min até 11 min). É preciso apenas misturar o conteúdo do sachê com o leite em uma caneca e após alguns minutos no micro-ondas é só esperar esfriar e já está pronto para consumir.  A embalagem oferece apenas uma porção individual e a média de preço de mercado é de R$ 1,98.


No entanto, se compararmos os ingredientes do envelope (descritos em ordem decrescente de quantidade) com a receita caseira fica evidente que o açúcar é o item em maior quantidade, até mesmo do que o ingrediente principal como o milho, arroz e a tapioca. Confira: 
Tapioca cremosa
Curau
Arroz doce
Confira abaixo os ingredientes encontrados nas sobremesas da Dr. Oetker que não são utilizados nas receitas caseiras:

• Composto lácteo com gordura vegetal de soja: não é leite em pó e sim uma mistura de vários ingredientes lácteos ou não adicionados de gordura vegetal de soja.
• Amido modificado: atribui consistência e estabilidade ao produto.
• Aromatizantes: dão aromas e sabores característicos de determinados alimentos para que o produto industrializado fique mais parecido com um produto caseiro.
• Maltodextrina: como se não bastasse o açúcar como primeiro ingrediente, o curau ainda tem maltodextrina, um carboidrato que é absorvido rapidamente pelo organismo.
• Espessante goma xantana: aumenta a viscosidade do produto.
• Corantes artificiais tartrazina e amarelo crepúsculo FCF: estudos afirmam que a presença destes ingredientes está relacionada à hiperatividade e distúrbios de concentração em crianças e ainda podem causar alergias.


E ainda, na embalagem encontramos o “T” descrito no triângulo amarelo que informa a existência de mais de 1% de ingredientes transgênicos no produto.  


Por isso, a dica da PROTESTE é sempre ficar atento aos rótulos dos produtos e tentar compreender o que significa cada ingrediente com nome desconhecido. 


Lembre-se, cozinhar utilizando ingredientes frescos é essencial para manter uma boa qualidade de vida. As recordações de aromas e sabores das receitas caseiras ficam registradas na memória dos amigos e familiares com um gostinho especial. Por isso, é importante não ter preguiça no momento de preparar o alimento e nunca perder o prazer de cozinhar.


Imprimir Enviar a um amigo