Veja todas as publicações da PROTESTE em seu celular ou tablet!

Entenda a proposta de nova rotulagem de alimentos
Para facilitar a compreensão das informações nutricionais nas embalagens, a Anvisa propõe o uso de semáforo com cores e símbolos de advertência.
19 outubro 2017 |
rotulo-alimento

Quando você pega um produto da prateleira do supermercado, consegue entender o que está escrito no rótulo? Os valores que vai encontrar em um iogurte ou no seu biscoito favorito, por exemplo, correspondem aos teores de açúcar, gordura e sal, entre outros nutrientes. No entanto, como saber se está consumindo essas substâncias em quantidades aceitáveis?

Estudos científicos mostram que a atual tabela nutricional é de difícil compreensão. Isso acontece porque a tabela está em um formato pouco atrativo e exige esforço do consumidor, conhecimento nutricional e tempo para ser entendida e utilizada. É por isso que, desde 2014, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) mantém um grupo de trabalho com entidades envolvidas no tema, entre elas, a PROTESTE, que visa propor soluções para melhoria da informação nutricional no Brasil. 

rotulo-alimento2

Sendo assim, após reunião da Anvisa com o grupo em agosto, ficou definido que esse trabalho deve ser transformado em uma proposta de padronização ainda este ano para melhorar o rótulo dos alimentos. O objetivo é facilitar o entendimento dos consumidores sobre as informações nutricionais nas embalagens dos alimentos. 

As propostas iniciais, que estão em discussão, baseiam-se em dois eixos principais: o uso do sistema de semáforo com cores, que sinalizam se algum ingrediente está em excesso no produto, e o uso de símbolos com advertência sobre algum ingrediente em excesso que pode fazer mal. Os modelos de rotulagem frontal, que viriam na frente da embalagem, são adaptações dos padrões utilizados no Reino Unido (semáforo) e no Chile (advertências), principalmente. Porém há ainda outros modelos que podem ser usados no Brasil.

Gostou deste conteúdo? Cadastre-se agora e receba gratuitamente informações da PROTESTE! Se você é associado e precisa de ajuda, ligue para nosso Serviço de Defesa do Consumidor pelo 0800 282 2204 (de telefone fixo) ou (21) 3906-3900 (de celular).

Leia também

água de coco
granola-teste
ração-cachorro
IMG-queijominas

Deixe seu comentário()

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.