Veja todas as publicações da PROTESTE em seu celular ou tablet!

Ração humana: vale a pena?
Conheça um pouco mais sobre este composto que conquistou quem faz dieta, mas que deve ser usado com moderação.
14 abril 2011 |

Quem faz dieta certamente já ouviu falar na ração humana. Muita gente corre atrás dessa novidade em busca de emagrecimento rápido, mas, no entanto, não conhece a fórmula e o uso correto desse composto.

Os benefícios são os mesmos obtidos com uma dieta rica em fibras, vitaminas e minerais, já que estes são os principais nutrientes da ração humana. Ainda não há comprovação científica de emagrecimento; no entanto, por possuir um alto teor de fibras, vitaminas e minerais, a ração humana pode ser um bom complemento para a saúde.

A quantidade diária recomendada é de duas colheres de sopa por dia. E é preciso ficar atento a algumas questões:

- Não use como substituto de refeição. Coma com uma fruta ou iogurte no café da manhã, por exemplo;

- Diabéticos devem evitar fórmulas com açúcar (mesmo o mascavo) e hipertensos e cardíacos não devem consumir as que tem cacau e guaraná em pó

- Por ser rica em fibras, beba no mínimo 2,5 litros de água por dia;

- Se fizer a receita em casa, observe a validade: o ideal é consumir em até 15 dias, mesmo guardando na geladeira. Além disso, verifique a procedência dos ingredientes.

Ração é inferior à dieta equilibrada

Você pode encontrar a ração pronta ou fazer a sua própria receita. A base é sempre a mesma: alimentos ricos em fibra (como farelo de aveia e de trigo, gergelim, linhaça e quinoa). Dependendo da receita, alguns ingredientes variam, como açúcar mascavo, soja, cacau, guaraná em pó e levedo de cerveja.

Se você optar por seguir uma dieta sem a ração humana pode, simplesmente, comer o mais brasileiro dos pratos (arroz, feijão, carne e hortaliças) e terá uma refeição mais completa que a ração humana. É que com essa combinação, você conseguirá incluir todos os grupos de alimentos (cereais, leguminosas, proteínas, gordura, legumes, verduras e frutas) em um mesmo prato.

 

Leia também

arsenio-no-arroz
bitcoin-o-que-e
corredor de supermercado
bitcoin-criptografia

Deixe seu comentário()

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.