Notícia

OMS alerta que consumo de embutidos pode causar câncer

27 outubro 2015
embutidos

27 outubro 2015

Entenda o alerta da OMS sobre o consumo de embutidos e o risco de desenvolver câncer por conta destes alimentos.

Neste segunda-feira, a Organização Mundial da Saúde (OMS) emitiu comunicado afirmando que o consumo excessivo de carnes processadas como salsicha, presunto, salame, mortadela, carne seca e carne enlatada, aumenta o risco de desenvolvimento de câncer, principalmente o câncer colorretal.

A PROTESTE considera importante esclarecer como a OMS chegou a esta conclusão. Trata-se de uma pesquisa feita pela Agência Internacional para a Pesquisa sobre o Câncer (IARC) da OMS, onde reuniu diversos especialistas de dez países que analisaram evidências de mais de 800 estudos científicos.

O relatório conclui que consumir 50g de embutidos diariamente aumenta em 18% o risco de câncer colorretal. Ou seja, segundo a OMS, o individuo que consome cerca de quatro fatias de presunto ou mortadela ou uma unidade de salsicha todos os dias, corre o risco de desenvolver câncer.


O fato é que as carnes processadas recebem sal e aditivos químicos em grande quantidade e estes são os fatores responsáveis por aumentar o risco de câncer.

Se você come embutidos de vez em quando, não entre em pânico! Porém, se você come diariamente, considere esses fatos e pense em diminuir o consumo de carnes processadas.

Além disso, é importante ressaltar que outros fatores influenciam o risco de desenvolvimento de câncer, como fatores genéticos e estilo de vida. Evite o fumo, inatividade física e consumo excessivo de álcool.

Nos próximos dias a PROTESTE vai divulgar o resultado de um teste exclusivo de alimentos sobre o teor de nitrato de sódio e nitrito de sódio em carnes processadas. Aguarde!

Gostou deste conteúdo? Cadastre-se agora e ganhe acesso ao conteúdo exclusivo que reservamos para você! 

Se você é associado PROTESTE e precisa de ajuda com nosso conteúdo ligue para (21) 3906-3980.


Imprimir Enviar a um amigo