Veja todas as publicações da PROTESTE em seu celular ou tablet!

Uma simples mudança no preparo do feijão pode melhorar os gases
Muitas pessoas deixam de comer feijão nas refeições devido aos gases que esse alimento causa, mas esse problema está com os dias contados.
09 janeiro 2018 |
feijao-causa-gases

Conhecido como um dos maiores vilões na hora de causar gases, o feijão já foi até abolido da alimentação diária de muitas pessoas que acabaram passando por uma série de constrangimentos depois de consumir este alimento. 

Isso porque o feijão é rico em carboidratos não absorvíveis e, por isso, tende a fermentar no intestino. Entretanto, eliminar o feijão da dieta pode não ser uma boa solução, porque ele também é fonte importante de proteínas, fibras e outros nutrientes.

Em alguns casos, por fatores genéticos ou porque adotaram uma dieta saudável, com pouca gordura,  rica em fibras e em carboidratos, algumas pessoas podem produzir mais gases. No entanto, a maioria das queixas parte de pessoas que produzem uma quantidade que os gastroenterologistas considerariam normal. Estudos demonstram que um adulto pode expelir gases, em média, vinte vezes por dia. De qualquer modo, há como prevenir a maior formação de gases.

gases-feijao

O segredo que pode acabar com os gases é deixar o feijão, e outras leguminosas (como ervilha, lentilha, grão de bico, etc), de molho durante a noite ou trocando a água a cada 3 horas. Troque a água também antes de cozinhá-lo bem. Ao tornar os grãos mais digeríveis, você evita a flatulência e elimina substâncias como os fitatos, que dificultam a absorção de alguns nutrientes.

Outra dica é acrescentar no cozimento erva-doce ou cominho. Se preferir você pode fazer uso na forma de chá. Eles auxiliam na digestão e atenuam o efeito indesejável dos gases.

Uma outra possibilidade é evitar comer a casca do feijão, servindo-se apenas com o caldinho. Como a casca desse alimento é rica em celulose, seu consumo potencializa a formação de gases.

Experimente ainda o feijão chamado Azuki ou feijão japonês. Este feijão contém uma quantidade muito menor de um carboidrato (rafinose) que é responsável pela fermentação. Por isso, produz menos gases.

Leita também:

>> Lavar o arroz antes de cozinhar: não faça mais isso

>> Arsênio no arroz: você deve se preocupar?

>> Encontramos um inseto inteiro em nosso teste de café. Confira!

Gostou deste conteúdo? Cadastre-se agora e receba gratuitamente informações da PROTESTE! Se você é associado e precisa de ajuda, ligue para nosso Serviço de Defesa do Consumidor pelo 0800 282 2204 (de telefone fixo) ou (21) 3906-3900 (de celular).

Leia também

arsenio-no-arroz
rotulo-alimento-transgenico
lavar-arroz
fogao-cooktop-qual-comprar

Deixe seu comentário()

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.