Notícia

Cuidados para garantir a alegria nas festas juninas

10 junho 2015

10 junho 2015

As festas juninas costumam ser a grande atração do inverno brasileiro. Mas a PROTESTE alerta sobre alguns cuidados básicos para que a sua celebração seja perfeita. 


Tradicionalmente conhecidas e comemoradas em várias partes do país, as festas juninas são uma boa opção de entretenimento e diversão para toda a família, porém, é importante tomar alguns cuidados para  evitar contratempos.


Balões

Apesar de serem ícones das festas juninas, vale a pena lembrar que os balões devem ser apenas decorativos e a fogueira precisa ser monitorada para garantir que as crianças não se queimem. 


Soltar balão é crime e a pena pode ser a detenção de um a três anos, multa ou ambas. Mesmo aqueles que forem flagrados assistindo, também estão sujeitos a essas sanções.



Fogos de artifícios



Atenção com os fogos de artifícios, responsáveis por sérios acidentes. Segundo a Sociedade Brasileira de Queimaduras (SBQ), o número de atendimentos por queimaduras costuma dobrar nesse período. Todo cuidado é pouco na compra e no manuseio desses artefatos. 


Nunca compre fogos clandestinos, pois esses produtos não são testados e oferecem um risco ainda maior aos usuários. Além disso, não costumam ter nas embalagens as orientações do fabricante sobre a forma de uso, que deve ser rigorosamente seguida para evitar contratempos.


O ideal é evitar soltar fogos, mas se não tiver como evitá-los pelo menos assegure-se de que as crianças estejam distantes e só adquira artefatos que venham com a base para encaixar no suporte dos fogos de artifício. Isso evita que você tenha que segurá-los com as mãos. 


Especialistas recomendam que a distância para explodir os fogos com segurança é de 30 a 50 metros de pessoas, edificações e carros. Caso os fogos não estourem, não tente reaproveitá-los.



Comidas típícas


Quanto às conhecidas comidas típicas de festa junina, tais como: pamonha, curau, canjica, milho verde, quentão, paçoca, vendidas em barraquinhas é preciso atenção com a higiene para evitar casos de infecções intestinais ou intoxicações provocadas por bactérias que proliferam nos alimentos contaminados por conta de má manipulação ou estragados.


Para evitar problemas o ideal é ficar atento às condições de higiene e limpeza do local, a forma como os alimentos estão sendo acondicionado e manipulados, a temperatura ambiente e verificar o prazo de validade dos quitutes da época. 


Os ingredientes, em geral, das comidas juninas são perecíveis. Alguns pratos como, por exemplo, a pamonha e a canjica devem ser consumidas no mesmo dia do preparo, pois estragam com muita facilidade. Opte por produtos que tenham etiquetas com a data de fabricação.



Gostou deste conteúdo? Cadastre-se agora e receba gratuitamente informações da PROTESTE!


Imprimir Enviar a um amigo