Veja todas as publicações da PROTESTE em seu celular ou tablet!

Greve dos caminhoneiros: redobre a atenção aos alimentos comprados
A mobilização contra a alta do preço do diesel no país tem causado a escassez de alimentos e outros produtos em supermercados. Saiba o que você precisa observar antes de levar algum item para casa
28 maio 2018 |
greve-caminhoneiros-comida

A greve dos caminhoneiros tem trazido impactos significativos em diversos setores do mercado. 

Um dos principais transtornos que você, consumidor, deve estar sentindo na pele está relacionado a sua própria alimentação. 

Pelo país todo, inúmeros mercados estão com as prateleiras vazias em função do atraso na entrega de mercadorias que chegam de outras regiões do Brasil.

Para piorar, o desabastecimento tem produzido aumento de preços em alimentos básicos, como batata e cebola. 

Para que você não sofra ainda mais com os problemas decorrentes da escassez de produtos, separamos algumas dicas na hora de selecionar os itens nas prateleiras: 

Carnes

Antes de comprar, verifique gôndolas e cor dos cortes. Verifique o acondicionamento e a higiene do local de exposição.

Gelo na embalagem pode indicar falha no armazenamento, devido a descongelamento prévio. 

Veja as informações de origem, como numeração do Serviço de Inspeção Federal (SIF) ou inspeção estadual, os dados de validade e de produção devem ser legíveis. 

Confira se não há abertura para entrada de ar. Inspecione furos na carne, que podem indicar que tenha sido injetada com água ou salmoura.

A cor deve ser vermelha brilhante ou marrom, para as maturadas. A gordura deve ser branca ou amarela clara.

Em caso de tons esverdeados ou odores não característicos, rejeite o produto.

Raízes (Batata, cenoura, mandioca…)

Dê preferência às raízes com casca íntegra e consistência firme, se possível, sem rachaduras ou picadas de insetos.  O formato não faz diferença.

Evite as que possuem manchas esverdeadas ou casca murcha e muito enrugada.

Frutas

Dê prioridade às mais limpas e consistentes. Não há problema se houver manchinhas ou pintas. 

frutas-supermercardo

Evite aqueles frutos murchos, amassados ou com buracos e outros sinais de deterioração.

No caso das bananas, por exemplo, as manchas marrons indicam que estão macias e quando estão inteiramente escuras, estão maduras demais para comer, mas podem ser cozidas para o preparo de bolos, tortas e doces (não precisa desperdiçar). 

Flores (couve-flor, brócolis…)

Escolha flores firmes, compactas e limpas, sem marcas de insetos. 

Verduras (alface, escarola, espinafre…)

Opte por folhas íntegras e viçosas, limpas, com poucas manchas e sem sinais de inseto.  Evite as verduras murchas, desidratadas, amarronzadas ou amareladas.

Na situação atual, mais do que nunca é importante evitar o desperdício. 

Compre somente a quantidade que vai consumir, já que esses produtos são bastante perecíveis e estragam com certa facilidade.

Além disso, reaproveite o que seria jogado fora como, cascas, talos e algumas sementes, são ricas em fibras e podem ser usadas no preparo de doces, tortas e bolos.

Gostou deste conteúdo? Cadastre-se agora e receba gratuitamente informações da PROTESTE! Se você é associado e precisa de ajuda, ligue para nosso Serviço de Defesa do Consumidor pelo 0800 282 2204 (de telefone fixo) ou (21) 3906-3900 (de celular).

Leia também

água de coco
abertura
ovos-proteina

Deixe seu comentário()

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.