Veja todas as publicações da PROTESTE em seu celular ou tablet!

Lote de leite condensado é interditado pela Anvisa
Produto da marca Fazendeira pode causar dor de barriga e vômitos por causa da alta quantidade de uma bactéria. Mas você pode evitar esse e outros leites condensados industrializados, preparando uma versão light do produto em casa.
15 setembro 2017 |
PIM_Leite-condensado_01
Se você utiliza leite condensado com frequência em suas receitas ou mesmo o consome puro, fique bem atento à marca que costuma comprar. Isso porque a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) interditou um lote da marca Fazendeira por apresentar bactérias do tipo estafilococus acima do limite permitido. 

Assim, você, sua família e seus amigos podem passar mal após consumir uma sobremesa que tenha sido preparada usando esse alimento, por exemplo. Os efeitos podem ser piores em crianças, idosos e pessoas doentes, que podem não ter o organismo tão resistente a essa e outras bactérias. 

O produto é fabricado pela empresa Baduy e Cia Ltda., localizada em Ituiutaba (MG). A decisão da agência se baseia em um laudo do Laboratório Central Noel Nutels, do Rio de Janeiro, que reprovou o produto em um dos testes. O lote interditado é o de número 0681M1, com validade até 17/1/2018. A medida é preventiva e vale por 90 dias até que seja feita a contraprova. 

pimleite-condensado03

Controle desse tipo de bactéria é bem rígido 

De acordo com o laudo, o leite condensado apresentou a bactéria Estafilococos Coagulase em uma quantidade acima do limite permitido. Esse micro-organismo é bastante comum, mas pode provocar dor de barriga e vômitos. Por isso, o controle da presença deste tipo de bactéria em alimentos tem um limite rígido.

Caso você tenha comprado esse produto ou tenha uma ou mais amostras desse lote em casa, pode procurar o estabelecimento onde o adquiriu para buscar o ressarcimento de seu dinheiro ou a troca do produto por outro. E, se você passou mal após o consumo, pode acionar o Procon de sua cidade ou procurar nosso Serviço de Defesa do Consumidor, por meio do canal Reclame, ou ligando para o telefone 0800-282-2204 (de telefone fixo) ou (21) 3906-3900 (de celular).  

De acordo com o artigo 8º do Código de Defesa do Consumidor (CDC), as empresas têm a obrigação de oferecer alimentos de qualidade e que não ofereçam riscos à saúde dos consumidores. No entanto, parece que a fabricante do leite condensado em questão esqueceu-se disso. 

pimleite-condensado02

Receita é alternativa ao leite condensado industrializado

Se você prepara doces com frequência usando essa marca, utiliza esse alimento puro na cobertura de bolos e frutas ou é um “dependente” de leite condensado, não se desespere. Com nossas dicas, você pode fazer uma versão light de leite condensado,  que fica pronta em 20 minutos. E a receita serve para você substituir não só essa, mas outras marcas também. Que tal? Confira os ingredientes e o passo a passo a seguir. 

 Você vai precisar de:

2 xícaras de chá de leite desnatado em pó

2 xícaras de chá de adoçante forno e fogão ou açúcar orgânico demerara

1 xícara de chá de água fervente

1 colher de sopa de margarina light ou com fitoesteróis

Como fazer: 

Bata todos os ingredientes no liquidificador por 5 minutos. Se você prefere o leite condensado mais consistente, leve à geladeira por 20 minutos.

 pimleite-condensado04

Gostou deste conteúdo? Cadastre-se agora e receba gratuitamente informações da PROTESTE! 

Leia também

babá eletrônica
aeroporto
IMG-queijominas

Deixe seu comentário()

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.