Notícia

Qualidade dos alimentos: boa, no geral

17 janeiro 2012

17 janeiro 2012

Pesquisa da PROTESTE também apontou que, para consumidores, produtos exportados são melhores.

A qualidade dos alimentos vendidos no Brasil é boa, de maneira geral, mas há alguns pontos que podem melhorar. Essa foi a principal conclusão do estudo Percepção do Consumidor sobre a Qualidade dos Alimentos, realizado pela PROTESTE entre junho e agosto de 2011, que entrevistou via Internet 1216 pessoas. Para 85% delas, o fator mais importante na compra é o preço.

Segundo 86,5% dos consumidores, os alimentos devem ser livre de bactérias patogênicas e nutricionalmente balanceados. A maior parte de nossos entrevistados (77%) também pensa que os produtos exportados têm melhor qualidade do que os vendidos por aqui.

E isso se deve, em parte, a uma legislação que não favorece a você, de acordo com a maioria dos respondentes. Para eles, as leis atendem mais ao fabricante e o fato de ainda se encontrar produtos contaminados ou estragados, além da baixa qualidade nutricional, indicam uma falha de fiscalização. Não é de se estranhar, portanto, que esse ponto tenha recebido uma nota decepcionante: 3,8, em uma escala de 1 a 10.

Essas falhas também podem explicar o porquê de metade dos entrevistados afirmarem já terem adquirido um alimento perigoso para a saúde. Poucos, porém, reclamam: apenas 43%. Quem o faz recorre aos Serviços de Atendimento ao Consumidor das empresas.

Bom alimento: livre de bactérias nocivas e balanceados

Para nossos entrevistados, um alimento de qualidade não tem micro-organismos perigosos para a saúde e é nutricionalmente balanceado. E quase todos (95%) afirmam que apoiariam a redução de sódio, açúcar e gordura nos alimentos industrializados.

É exatamente por isso que a PROTESTE está lutando diariamente, por meio de nossos testes e ações junto a órgãos reguladores e de fiscalização para garantir um alimento de qualidade para nós, consumidores brasileiros. Os resultados que encontramos nessa pesquisa se refletem na maioria das avaliações feitas por nós.

Você adquiriu algum alimento estragado? Veja aqui o que você pode fazer.

Qualidade dos alimentos

Imprimir Enviar a um amigo