Notícia

Bebês-conforto são fáceis de usar

11 outubro 2010

11 outubro 2010

Porém, manuais de instruções e informações no próprio produto podem ter melhorias.

Além de avaliar a segurança dos bebês-conforto, nós também verificamos a qualidade das informações presentes no produto e no manual de instruções, além da facilidade de uso.

Peg-Pérego é o mais fácil de usar

O melhor produto foi o Peg-Pérego, ficando com o conceito “muito bom”. Entre outros detalhes, ele é o único que possui indicador de nível para acompanhamento da inclinação do produto. E o mecanismo de ajuste da cadeirinha é mais adequado. O problema do produto está na dificuldade de se retirar o estofado para lavar. Além, de não possuir formato anatômico para o suporte das mãos. Além disso possui uma ótima visualização da criança mesmo com a capa protetora.

Todos os outros produtos tiveram o conceito “bom”, com destaque para o Galzerano (que tem o formato mais anatômico para as mãos) e Burigotto (possui os melhores ângulos de ajustes das costas e geral do bebê).

Informações adequadas no produto

Os resultados foram bons. O Pég-Pérego foi avaliado como “muito bom” e os outros como “bom” por não informarem que o produto não deve ser utilizado no banco da frente e/ou não conter restrições para o uso em carros com air bag.

Manuais de instruções poderiam ser melhores

Os produtos Burigotto (com ou sem base) e o Galzerano tinham os manuais mais completos e foram avaliados como “muito bom”.

Peg-Pérego, Chicco e Bébé Confort tiveram avaliação apenas aceitável, já que na instrução de montagem não fazia referência ao fato do produto não poder se montado no banco da frente, por impedimento da lei brasileira. Além disso, nenhum dos três fazia referência a assistência técnica.


Imprimir Enviar a um amigo