Veja todas as publicações da PROTESTE em seu celular ou tablet!

Segurança é falha em carrinhos de bebê
Confira os resultados do teste de segurança com carrinhos de bebê onde avaliamos a integridade estrutural, os dispositivos de freio, as rodas e as proteções dos equipamentos.
29 junho 2015 |

Apenas dois carrinhos de bebê de cinco testados pela PROTESTE foram bem avaliados em segurança total. Em relação aos perigos nas partes móveis, somente Ayoba e Burigotto se salvaram. Foram considerados fracos os carrinhos Galzerano Maranello, Hércules Diamante e Voyage Funny. 

No teste de segurança, foram avaliados a integridade estrutural, os dispositivos de freio, as rodas, as proteções e as marcações. Com exceção do Ayoba e Burigotto, todos tiveram problemas de segurança. 

O mecanismo de parada é independente em todas as rodas nas marcas Galzerano, Voyage e Hércules – o que pode confundir os pais em uma situação de emergência.

Todos têm cinto de segurança de cinco pontas, mas somente os das marcas Ayoba e Galzerano têm a tira acolchoada. Todos também se mostraram seguros quanto à estabilidade e não soltam peças que possam sufocar as crianças. Mas o Galzerano apresentou buracos superiores a 7 mm no capô e bordas afiadas ao se puxar as extremidades do componente.

No teste do assento, também foram avaliados o capô e o descanso das pernas. Todos os assentos têm problemas pontuais. De modo geral, os melhores são o Galzerano e o Ayoba: os dois contam com bom espaço no assento. O Ayoba teve a melhor avaliação do capô em relação à resistência e o Galzerano pela visibilidade que dá aos pais.

O ideal é usar as cestas de armazenamento

Muitos pais costumam pendurar bolsas e sacolas no puxador – o que é totalmente desaconselhável. Para isso, os carrinhos vêm com uma cesta de armazenamento.

No teste com essas cestas, vimos que no Hércules e no Ayoba ela fica inacessível quando o assento é completamente reclinado. 

Burigotto, Galzerano e Hércules possuem cestas grandes e espaçosas. A cesta do Voyage é muito baixa e próxima ao chão, chegando a encostar no piso, dependendo da superfície. Em usabilidade, diversos testes foram feitos, entre eles.

No teste foram avaliados o assento, o capô e o descanso de pernas. Na usabilidade foram analisados, entre outros itens, cintos, freios, fivelas e se eles cabiam com facilidade no porta-malas de um carro (foi usado como base um Volkswagen Golf Hatchback).

Os modelos testados foram: 

  • AYOBA Galaxy 30600; 
  • BURIGOTTO Euro6; 
  • GALZERANO Maranello; 
  • HERCULES Diamante; 
  • VOYAGE Funny.

Alguns não fazem bem as curvas

No item conforto foi avaliado o conforto ao empurrar o carrinho e o guidão. Todos os guidões são desconfortáveis para empurrar, tornando a condução do carrinho mais complicada. O do Voyage é o pior, porque se sente a parte metálica do guidão. 

Dois carrinhos apresentaram muitos problemas para manobrar. Além de ser impossível de ser guiado com apenas uma mão, o Voyage teve um desempenho ruim em todas as superfícies (inclusive planas). 

 

Gostou deste conteúdo? Cadastre-se agora e ganhe acesso ao conteúdo exclusivo que reservamos para você!

Leia também

apple
remédios
comida

Deixe seu comentário()

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.