Notícia

GPS: impossível confiar totalmente nele

15 janeiro 2014
GPS Confiar nele

15 janeiro 2014

Em nosso teste, observamos que muitas funções desse produto deixam a desejar.

Ele faz parte da vida de muita gente, e há quem diga que não consegue sair de casa sem esse aparelho. Porém, é preciso estar atento ao uso do GPS. Apesar dos constantes upgrades feitos pelos fabricantes, sobram relatos de pessoas que rodaram na contramão e até mesmo por vias com problemas de segurança. Dessa maneira, atualize sempre o seu GPS e não pense duas vezes em pesquisar caso precise ir a algum local desconhecido.

Constatamos ainda que fazer a instalação de alguns desses aparelhos é tarefa difícil, já que o bracket (peça que “gruda” o GPS no vidro) não tem boa qualidade, havendo o risco de danificar o dispositivo durante sua colocação ou remoção.

GPS possui limitações ao planejar rota

Um menu precisa responder prontamente às ordens do motorista e, nesse quesito, os produtos testados foram bem avaliados. Vale destacar que todos os aparelhos permitem que os pontos de interesse sejam listados por categorias, nomes e proximidade, bem como acessar o histórico e os lugares favoritos.

Eles também apresentam opções de procura por endereços, mas nenhum deles é versátil o suficiente para ter uma base de dados on-line ou se comunicar com o Google. Outro ponto negativo é que alguns aparelhos possuem limitações na hora de planejar uma rota, seja por falta de opções ou pelo modo com que mostram as informações ao usuário.

Qualidade da tela nem sempre é ideal

Em relação ao desempenho das instruções visuais, há problemas em todos. Defeitos são percebidos, como, por exemplo, a má qualidade da tela de alguns produtos. Quanto às instruções de voz, é possível trafegar boa parte do percurso sem a necessidade de olhar o mapa e, assim, diminuir o tempo de distração. Os modelos testados têm identificação de radares de velocidade e há sempre um aviso sonoro informando que um se aproxima. Além disso, todos os produtos funcionam bem quando não há recepção, caso frequente para quem passa por túneis.

Clique aqui para comparar os modelos e ver o resultado completo do teste.


Imprimir Enviar a um amigo