Notícia

Carro: custos altos e necessários

05 setembro 2013

05 setembro 2013

Para maioria dos modelos avaliados, a soma do valor de aquisição com as despesas totaliza o dobro do preço gasto no veículo. É o suficiente para comprar outro novo. Gasolina e depreciação são os itens que mais pesam no cálculo. Mas, os custos garantem a comodidade.

Manter um automóvel pode ter um custo superior a R$ 800 por mês. Porém, os gastos são indispensáveis. Faça as contas para não abrir mão do conforto, agilidade e segurança que um carro proporciona. A PROTESTE conferiu os custos nos três primeiros anos dos dez carros mais vendidos do país. Verificamos os gastos com o IPVA, licenciamento, seguro, revisões, combustível e depreciação rodando 15 mil km por ano.


Se o consumidor andar 2/3 do tempo na cidade e 1/3 na estrada, a despesa com a gasolina chega a R$ 10,3 mil. O Gol e o Fox são os veículos que consomem menos combustível: R$ 9,8 mil. Já a pick-up Strada é o carro gasta mais gasolina, R$ 11,1 mil. Considerando que a gasolina custa R$ 2,8 em São Paulo e R$ 3 no Rio de Janeiro, a despesa com combustível pode alcançar 1/3 do dinheiro investido no automóvel.


A depreciação, o custo decorrente do desgaste, acontece rapidamente. Ao sair da concessionária, o carro já se desvaloriza. O veículo que menos sofre com a depreciação é o Gol 1.0 Mi: R$ 3 mil. Enquanto o Fox 1.0 Mi tem uma depreciação de R$ 8,5 mil em três anos, a mais alta entre os modelos verificados.


Ao comprar um carro novo ainda é preciso pagar o IPVA, seguro obrigatório, licenciamento e emplacamento. O valor com todos varia de R$ 2,4 mil a R$ 4,4 mil em três anos.  Esses impostos não são mensais, o consumidor só é cobrado uma vez ao ano. Porém, a PROTESTE recomenda que você guarde uma quantia mensal para quitar os impostos.


Além destes gastos, ainda há o seguro contra sinistros, que garante sua tranquilidade. O levantamento revelou que o Gol apresenta o seguro mais alto, R$ 6,7, quase 18% do valor do carro. A média dos outros veículos ficou em R$ 4 mil. Ainda é preciso contabilizar lavagens, que se forem 15 por ano a R$ 30, custará R$ 1,35 mil. Já as revisões programadas pelo fabricante podem custar mais que R$ 5 mil.


Veja na tabela abaixo os custos totais:
Resultado da verificação dos gastos com automóveis

Imprimir Enviar a um amigo