Especial

Crash Test

12 novembro 2012

Proteste Reivindica

Proteste Reivindica

Os resultados obtidos com a terceira etapa do Programa de Avaliação de Carros Novos para a América Latina (Latin NCAP) servirão de ponto de partida para algumas ações da PROTESTE .

 

Defenderemos, junto ao Governo Federal, a extinção de impostos incidentes sobre todos os itens de segurança dos carros (airbags, freios ABS, crash box, cintos de segurança, barras de proteção, etc.) e a obrigatoriedade, no Brasil, dos regulamentos das Nações Unidas relativos à segurança veicular.

 

Buscaremos, ainda, o apoio do governo ao Latin NCAP, convidando-o a tornar-se um membro permanente do programa. Isso, certamente, estimularia a indústria brasileira a produzir veículos mais seguros e a tornaria mais competitiva no mercado externo.

 

Menos acidentes = redução nos custos elevados de atendimentos médicos

 

O país só teria a ganhar com a redução de acidentes, sobretudo os cofres públicos. Quanto mais resistentes a colisões forem os carros, menos vítimas teremos e o custo com os atendimentos médicos nas emergências de hospitais públicos poderá ser reduzido consideravelmente.

 

Lutaremos por mais segurança veicular aos passageiros infantis

 

Também exigiremos das montadoras mais atenção aos bebês e às crianças transportados em seus veículos. Lutaremos para que os carros saiam de

fábrica com o sistema de fixação para cadeirinhas Isofix.

 

Ele já provou a sua eficácia, ao reduzir erros durante a fixação nos assentos. Quando não estão instaladas corretamente, as cadeirinhas podem se deslocar com facilidade para a parte dianteira do automóvel, em caso de colisão.

 

Padrões básicos de segurança para todos os veículos

 

Por fim, cobraremos providências das autoridades brasileiras para que estabeleçam padrões básicos de segurança válidos para todos os veículos nacionais, e não apenas para alguns modelos.


Imprimir Enviar a um amigo