Veja todas as publicações da PROTESTE em seu celular ou tablet!

Novos resultados: Tucson mostra melhorias após avaliação do Latin NCAP

Em nova testagem, Latin NCAP apresenta melhorias promissoras para o modelo

31 agosto 2022 |

A primeira apresentação de resultados do ano do Programa de Avaliação de Veículos Novos para a América Latina e o Caribe, Latin NCAP, mostra melhorias encorajadoras após a reação da Hyundai aos testes de avaliação.

Hyundai Tucson

O Hyundai Tucson, produzido na Coreia e na República Tcheca, com dois airbags frontais padrão, foi classificado como zero estrela. O SUV atingiu 50,23% na Proteção de Ocupantes Adultos, 5,34% em Ocupantes Infantis, 48,40% na Proteção de Pedestres e Usuários Vulneráveis das Estradas e 6,98% na Assistência à Segurança.

Em 2021, o Latin NCAP testou a versão anterior do Tucson com dois airbags padrão na versão de segurança mais básica e obteve zero estrela. Depois disso, o fabricante alegou que o "Novo Tucson era melhor e mais seguro", então o Latin NCAP decidiu testar o novo Tucson em 2022. A nova versão do Tucson, que oferecia dois airbags frontais padrão, foi avaliada para impacto frontal e lateral, chicotada cervical (whiplash) e proteção para pedestres. A falta de airbags laterais de cortina padrão limitou a pontuação e melhor desempenho na Proteção de Ocupantes Adultos. A falta da sinalização das ancoragens ISOFIX em conformidade com o Latin NCAP, o cinto de segurança de dois pontos padrão na posição central traseira, bem como a falta do interruptor de desativação do airbag do passageiro explicam a baixa pontuação para a Proteção de Ocupantes Infantis. A proteção de Pedestres, em geral, foi média; no entanto, mostrou deficiente proteção para algumas áreas das pernas superiores. Na Assistência à Segurança, o modelo mostrou resultados ruins, pois o Controle Eletrônico de Estabilidade (ESC) e o limitador de velocidade não são padrão.

Em resposta à mais recente classificação zero estrela do novo Tucson, a Hyundai decidiu melhorar o equipamento básico do modelo adicionando airbags laterais e laterais de cortinas padrão, cintos de segurança de três pontos em todas as posições, sinalização i-size para cadeirinhas infantis, lembrete de cinto de segurança para a posição do passageiro dianteiro, ESC e sistema de limitação de velocidade. O modelo atualizado foi avaliado e classificado com três estrelas. O SUV atingiu 81,61% para Proteção de Ocupantes Adultos, 69,53% para Proteção de Ocupantes Infantis, 48,40% para Proteção de Pedestres e Usuários Vulneráveis das Estradas e 55,81% para Assistência à Segurança. O resultado é válido para unidades VIN KMHJB81DBPU158713, data de produção 02 de junho de 2022 para unidades produzidas na Coreia e VIN TMAJB81DAPJ199084, data de produção 04 de abril de 2022 para unidades produzidas na República Tcheca.

Mais avaliações

Além de testar o modelo com dois airbags, a versão melhorada foi avaliada em teste de impacto lateral de poste, ESC, teste de Alce (moose test) e assistência à velocidade. Estes elementos de segurança mostraram desempenho satisfatório, juntamente com a decisão da Hyundai de atualizar a sinalização i-size para cadeirinhas infantis e incluir cintos de três pontos padrão que, entre outras melhorias, explicam a classificação três estrelas da versão melhorada. O Latin NCAP também avaliou os equipamentos opcionais oferecidos no modelo, tais como Frenagem Autônoma de Emergência, Sistemas de Suporte de Pista e Detecção de Borda de Estrada, todos com bom desempenho, mas como são oferecidos em volumes menores do que os exigidos pelo Latin NCAP, eles não contribuem para a pontuação ou classificação em estrelas.

Alejandro Furas, Secretário Geral do Latin NCAP, disse: “É encorajador ver fabricantes como a Hyundai reagirem rápida e positivamente aos testes do Latin NCAP e esperamos que esta estratégia também seja aplicada a outros modelos populares do fabricante. Este teste também mostra que as afirmações sobre modelos novos ou de substituição podem ser enganosas e não significam necessariamente um desempenho mais seguro em modelos mais novos. O Latin NCAP acredita que na medida em que a Hyundai aumenta a disponibilidade das tecnologias ADAS na região, bem como as pequenas melhorias no novo Tucson, o modelo pode alcançar pontuações mais altas. O Latin NCAP demonstrou mais uma vez que a avaliação independente de veículos gera melhorias voluntárias dos fabricantes em curtos períodos de tempo”.


Stephan Brodziak, Presidente do Conselho de Administração do Latin NCAP, disse:  “Parabenizamos a decisão da Hyundai de melhorar a segurança do Tucson, embora ele só tenha alcançado as 3 estrelas. Na mesma linha, existem áreas de oportunidade de melhoria para a marca em seus modelos mais populares. Esperamos que em breve todos os modelos Hyundai atinjam uma classificação igual ou melhor do que a que vemos hoje com o Tucson. É urgente que mais e mais modelos incorporem tecnologias avançadas de assistência à segurança e seguem as recomendações do Plano Global pela Segurança Viária proposto pela ONU, para o benefício de todos os usuários das estradas e para uma verdadeira democratização da segurança dos veículos”.

 

Hyundai Tucson (2 airbags)
Leia o relatório completo
Veja o vídeo dos testes de batida
Faça download das imagens dos testes de batida

Hyundai Tucson (6 airbags) *
Leia o relatório completo
Veja o vídeo dos testes de batida
Faça download das imagens dos testes de batida

 

Acerca do Latin NCAP

O Programa de Avaliação de Carros Novos para a América Latina e o Caribe (Latin NCAP) foi lançado em 2010 para desenvolver um sistema regional independente de testes de colisão de veículos e de qualificação de segurança na região. O Latin NCAP replica programas de testes de consumidores similares desenvolvidos nos últimos trinta anos na América do Norte, na Europa, na Ásia e na Austrália, que demonstraram ser muito eficazes na melhora da segurança dos veículos. Desde 2010, o Latin NCAP vem publicado os resultados de mais de 135 veículos. www.latinncap.com/resultados

O Latin NCAP agradece o apoio recebido pelo Global New Car Assessment Programme (Global NCAP), pelo International Consumers Research and Testing (ICRT), pela FIA Foundation, pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e pela Bloomberg Philanthropies Global Road Safety Initiative. O Latin NCAP é membro associado do Global NCAP e apoia o Decênio de Ação das Nações Unidas para a Segurança Viária e à iniciativa Stop the Crash.

 

Leia também

Deixe seu comentário()

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.