Veja todas as publicações da PROTESTE em seu celular ou tablet!

Sandero/Logan decepciona em teste de segurança
Renault já confirmou que apresentará melhorias. Terceira série de testes do Latin NCAP revelou ainda um bom resultado obtido pelo Mitsubishi Eclipse Cross. Confira!
12 junho 2018 |
sandero-logan-teste-de-seguranca

Após realizar os testes de segurança o Fiat Toro, a terceira série de resultados do Latin NCAP de 2018 traz, hoje, resultados decepcionantes acerca do Renault Sandero/Logan e o bom rendimento obtido pelo Mitsubishi Eclipse Cross, que tem previsão de chegada em novembro de 2018.

Enquanto o Eclipse Cross conquistou cinco estrelas para a Proteção do Ocupante Adulto e três estrelas para a Proteção do Ocupante Infantil (tendo sido aprovado, também, no teste de Controle Eletrônico de Estabilidade - ESC), o carro da montadora francesa conseguiu apenas uma estrela para a proteção do ocupante adulto e três para a proteção infantil. 

Em testes de impacto frontal e lateral, o Sandero/Logan se saiu muito mal e obteve uma proteção pobre na região peitoral do motorista. Isso explica a única estrela para a Proteção de Ocupante Adulto obtida pelo modelo da Renault.

O que chamou a bastante atenção foi o baixo rendimento no teste de impacto lateral. Isso porque, embora o veículo conte com barras laterais nas portas, a falta de uma estrutura de melhor desempenho e dispositivos de absorção de energia provocaram uma nota baixa também neste critério.

Vale citar ainda que o Sandero/Logan não oferece cintos de três pontos em todos os bancos e nem possui ancoragens ISOFIX, de forma padrão. Esse fato surpreende visto que o modelo padrão do Sandero, lançado na África do Sul e testado pelo Global NCAP, possui ambos os equipamentos.

Após os testes, assim como a Chevrolet fez com o Ônix, a Renault confirmou que irá melhorar o desempenho de segurança do Sandero/Logan.

Para Alejandro Furas, Secretário Geral do Latin NCAP, “é uma enorme preocupação para o Latin NCAP que um dos modelos mais vendidos na região, como é o Sandero/Logan, ofereça um nível de proteção tão baixo, que não possua ESC e tenha uma proteção mínima contra impactos laterais.”

Ainda de acordo com Furas, o trabalho da Latin NCap demonstrou que testar modelos e publicar os resultados, para informar adequadamente os consumidores, é a ferramenta mais poderosa e eficiente, e que isso impulsiona o mercado latino-americano a contar com carros mais seguros, antes mesmo de regulamentações governamentais.

Ele complementa ainda dizendo que os governos deveriam impulsionar e criar incentivos para todos os carros contarem com tecnologias de segurança ativa, como o ESC e frenagem autônoma de emergência, visando com isso acelerar a mudança em direção a carros mais seguros. 

Compare nas melhores seguradoras e compre online com segurança e facilidade

Por fim, Ricardo Morales Rúbio, Presidente da Comissão Diretiva do Latin NCAP, destacou ainda a conseqüência da falta dessas regulamentações governamentais mais sólidas.

Para ele, a falta delas faz com que “os carros mais vendidos ainda obtenham resultados decepcionantes, sendo isso inaceitável para os consumidores.”

sandero-loga-impacto-lateral

Conheça melhor a Latin NCAP e como a entidade realiza seus testes!

O Latin NCAP utiliza métodos de ensaio internacionalmente reconhecidos e qualifica entre 0 e 5 estrelas a proteção oferecida pelos veículos para ocupantes adultos e crianças.

Quanto mais seguro o carro, mais estrelas ele recebe. O Latin NCAP começou em 2010 como uma iniciativa e em 2014 foi criada como uma associação, no âmbito de uma entidade jurídica.

A avaliação e a publicação de seus resultados são as ferramentas poderosas e eficientes para melhorar a segurança dos veículos no mercado da América Latina e do Caribe, antes e além de qualquer regulação governamental regional.

Ao realizar os testes, a Latin NCAP oferece aos consumidores as informações necessárias acerca da segurança proporcionada pelos modelos vendidos no mercado, auxiliando assim na decisão de compra.

Veja também:

Em teste, Fiat Toro apresenta bom desempenho de segurança
Virtus obtém nota máxima e Onix traz melhorias
Nissan Kicks tem bom desempenho em teste de segurança
Polo e Corolla recebem nota máxima em teste de segurança
Renault Kwid ganha três estrelas em teste de impacto frontal e lateral
Ford Ka não é um carro seguro
Chevrolet Ônix: nota zero em segurança
Fiat Mobi tem fraco desempenho em teste de segurança

Gostou deste conteúdo? Cadastre-se agora e receba gratuitamente informações da PROTESTE! Se você é associado e precisa de ajuda, ligue para nosso Serviço de Defesa do Consumidor pelo 0800 282 2204 (de telefone fixo) ou 4003-3907 (de telefone fixo ou celular).

Leia também

carro-usado
broken-car
Carro andando na chuva
compra-de-carro (1)

Deixe seu comentário()

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.