Notícia

Segurança veicular pode salvar vidas

08 novembro 2012

08 novembro 2012

PROTESTE lança a “Cartilha de Segurança Veicular” para incentivar a segurança no trânsito e cobrar dos fabricantes segurança nos veículos.

Milhares de pessoas morrem anualmente vítimas de acidentes de trânsito no Brasil. Os motivos das ocorrências são diversos: direção arriscada, motoristas embriagados, estradas com péssimos estados de conservação e falta de segurança nos automóveis fabricados no país.

Para incentivar a segurança no trânsito, a PROTESTE lança a “Cartilha de Segurança Veicular”, com o objetivo de conscientizar e alertar a população sobre o uso dos equipamentos de segurança obrigatórios nos veículos e sobre os direitos e deveres dos condutores.

Temas como a legislação no trânsito, a importância dos equipamentos obrigatórios nos veículos, o uso eficaz das luzes de circulação e alternativas para transportar crianças são abordados na publicação. A proposta também é estimular que os usuários exijam dos fabricantes as modificações necessárias nos veículos e o recall nos casos de falhas que ameacem a segurança dos usuários.

O fato é que os veículos fabricados no Brasil não oferecem os mesmos níveis de segurança dos veículos produzidos na Europa e nos Estados Unidos. Em muitos casos as montadoras são as mesmas, mas a maioria dos carros não têm itens de segurança padronizados como freios ABS e airbags e apesar disso são mais caros.

Um dos assuntos mais importantes da cartilha é a divulgação do “Programa de Avaliação de Carros Novos para a América Latina”, realizado em parceria com a Federação Internacional do Automóvel (FIA) e outras instituições. O objetivo é testar e informar a qualidade da segurança veicular em caso de acidente, para que os fabricantes fabriquem carros mais seguros.

Algumas conquistas da PROTESTE em torno do assunto já foram obtidas, como a contrapartida do Comitê Nacional de Mobilização pela Saúde, Segurança e Paz no Trânsito instituindo diretrizes que buscam a redução de 50% da mortalidade e lesões por acidentes de trânsito no Brasil, como proposto por resolução da ONU.

Após esta ação, foi estabelecido o “Plano Nacional de Redução de Acidentes e Segurança Viária para a Década 2011-2020”, porém até o fechamento dessa cartilha, a proposta ainda não tinha sido aprovada pelo governo brasileiro.

Para ficar informado baixe ao lado a “Cartilha de Segurança Veicular”.





Cartilha

Imprimir Enviar a um amigo