Notícia

Use extintores só em princípios de incêndios

30 abril 2013

30 abril 2013

O extintor de incêndio, utilizado em carros de passeio no Brasil é do tipo ABC, contém um pó químico à base de amônia, não prejudicial à saúde.

De um modo geral, os extintores devem ser utilizados para controlar princípios de incêndio, sejam decorrentes de problemas no motor ou como consequência de uma colisão. Para identificar um princípio de incêndio, verifique se a fumaça que sai do capô é preta e com cheiro forte. Caso ela seja branca e sem cheiro, pode indicar vapor de água saindo do radiador, sem a necessidade de uso do extintor.

Já em incêndios maiores, o mais prudente é se afastar do carro o mais rápido possível e chamar o Corpo de Bombeiros. É normal que numa situação de risco o motorista esteja nervoso e sob grande pressão, o que pode fazê-lo utilizar o equipamento de maneira incorreta.

É importante lembrar que o cilindro tem validade de cinco anos e não é reciclável. Ou seja, depois de vencido, você deve descartá-lo corretamente, de preferência em pontos de coleta– de fabricantes, oficinas mecânicas e concessionárias – e adquirir um novo. No final do prazo de validade de seu extintor, você pode descarregá-lo, simulando a utilização do equipamento.

Não abra todo o capô e siga nossas dicas:

1 - Ao detectar fumaça saindo do seu carro, estacione- o em local seguro e retire os passageiros de dentro dele.

2 - Pode parecer difícil, mas procure manter a calma.

3 - Localize e retire o extintor do suporte, rasgue o plástico e rompa o lacre para destravar a válvula.

4 - Mantenha sempre o extintor na posição vertical.

5 - Se o fogo vier do capô, abra o mesmo um pouquinho e aperte a válvula do extintor. Se você abrir totalmente o capô, o fogo poderá aumentar imediatamente em função da maior circulação de oxigênio.

6 - Depois de jogar o primeiro jato do extintor, abra, então, o capô mais um pouco, localize o foco de incêndio e direcione o extintor acionando-o por completo.

7 - Se você perceber que o incêndio não foi completamente extinto, afaste-se do veículo e ligue para autoridades de trânsito de sua cidade e o Corpo de Bombeiros.


Imprimir Enviar a um amigo