Veja todas as publicações da PROTESTE em seu celular ou tablet!

Vale a pena viajar para os EUA para fazer enxoval do seu bebê?
Com o dólar no patamar de R$ 3,25, verificamos que considerando somente o aspecto financeiro, que não é válido um casal viajar para fazer o enxoval do novo rebento da família.
24 novembro 2017 |
Pode ser bastante prazeroso pensar em fazer uma viagem antes do bebê nascer. Mas colocando na ponta do lápis os custos convertidos ao valor atual do dólar, mais os impostos do cartão de crédito ou papel moeda, e os inerentes da viagem para uma semana como passagens, hospedagem, aluguel de automóvel, alimentação e seguro, verificamos que não vale a pena.
 
 
 
Em relação aos itens do enxoval, verificamos que alguns itens específicos são os que fazem maior diferença. São eles: 
 
Roupas - Consideramos uma lista clássica: bodys de manga curta e longa; casaquinhos, culotes; macacões; meias; sapatinhos; todos esses itens para recém nascidos e tamanhos P, M e G, nas quantidades recomendadas. Consideramos o custo desses itens pelo menor preço encontrado na loja Carter’s e comparamos com diferentes lojas de shoppings brasileiras. A diferença para este item, considerando que o casal pagaria as compras em papel moeda, chegou a R$ 3.482. Eles gastariam em dólares aproximadamente, US$ 1988, e R$ 5.470. Aqui é muito importante ressaltar que a loja no Brasil pode fazer toda a diferença para chegar a esse número. Existem lojas de ruas populares que oferecem preços extremamente atrativos, que podem levar essa diferença a zero.
 
Carrinho - Existem diferentes tipos, marcas e preços. Considerando um carrinho que seja da marca Quinny, de 3 rodas, com 3 posições, roda grande, o preço aqui é em torno de R$ 4 mil. Este mesmo carrinho nos Estados Unidos, pode ser encontrado por U$ 400 em uma loja online. Isso significa que essa compra pelo cartão de crédito e com o IOF já incluído, com o dólar a R$ 3,25 mais um spread normal de cartão de crédito na ordem de 3%, R$ 1.422. Ou seja, só com esse item seria possível economizar R$ 2.578. Entretanto, é válido destacar que se fosse um carrinho mais simples, essa diferença diminuiria. 
 
Canguru: Aqui novamente a marca faz toda a diferença. Assim como os carrinhos, consideramos uma marca líder de mercado (Ergobaby 360) e consideramos os preços desse mesmo produto aqui e lá. Aqui ele é vendido a R$ 1.405, e lá é possível encontrar por US$ 144, o que convertendo chega-se a um valor de R$ 512. Ou seja, com este item é possível obter uma economia de R$ 893.
 
Pomada para assadura: Este item é válido principalmente pela quantidade do produto que é gasta pelo bebê até o desfralde. Considerando que por um período de 2 anos, o bebê gaste cerca 4 potes e 6 bisnagas da marca Desitin, o casal gastaria o equivalente a US$ 94. Este valor considerando que seja pago em papel moeda convertido para reais, geraria um custo de aproximadamente R$ 318. Essa mesma quantidade de pomada aqui no Brasil é comprada a um custo aproximado de R$ 766, o que gera uma diferença de R$ 448.
 
Acima estão os itens que valem mais a pena comprar, mas ainda existem outros também válidos como: cadeira de descanso; bebê conforto; pote térmico; pratinhos; talheres; cadeira de alimentação portátil; copo de transição; babá eletrônica; hidratantes; tapete com móbile; almofada de suporte para carrinho; chupetas; e pomada para seios. Itens fora dessa lista ou são indiferentes comprar aqui ou lá ou só melhores comprar aqui.

 Pelas nossas contas, o valor total do enxoval comprado nos Estados Unidos chegaria a um valor mínimo de R$ 6.548 (considerando que o casal compraria tudo em papel moeda). Comprando-se os mesmos itens no Brasil, esse valor chegaria a 15.323, o que daria uma diferença de R$ 8.776. Considerando que o custo da viagem é de R$ 9.469, chega-se uma diferença de R$ 693. Ou seja, somente pelo lado financeiro, a viagem não compensa.

Quer viajar tranquilo? Contrate aqui o seguro da sua viagem

Uma dica importante, tenha atenção ao excesso de bagagem. Existem itens que sozinhos já contam como se fossem uma bagagem. O carrinho e o bebê conforto juntos contam como uma mala. Logo, considerando que as companhias permitem o despacho de 2 malas de 32 quilos para voos dos Estados Unidos para o Brasil, o restante das outras compras tem que caber nas outras três malas.
 
Outro lembrete muito importante, pela legislação é preciso declarar valores que superem a cota de US$ 500 por pessoa. Ou seja, considerando o casal, valores que superem US$ 1 mil. Pelas nossas contas, esse enxoval custaria cerca de US$ 1.935. Ou seja, pela regra é preciso declarar que excedeu o valor da cota e pagar 50% sobre o valor que excedeu da cota, no caso US$ 935,o que convertendo-se para reais seriam um custo de mais R$ 1.519 para a sua viagem. Caso não declare, e seja pego na fiscalização alfandegária, além do imposto de 50%, será preciso pagar uma multa de 50% sobre o valor, o que geraria um custo adicional à viagem R$ 3.039.

 Gostou deste conteúdo? Cadastre-se agora e receba gratuitamente informações da PROTESTE! Se você é associado e precisa de ajuda, ligue para nosso Serviço de Defesa do Consumidor pelo 0800 282 2204 (de telefone fixo) ou (21) 3906-3900 (de celular).

Leia também

casal-sonhando
consignado-cartao
cartão-santander

Deixe seu comentário()

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.