Notícia

Aposentados: consignado em seis anos

10 outubro 2014
aposentados

10 outubro 2014

Idosos podem parcelar seus empréstimos em até 72 vezes a partir de outubro de 2014. Mas é necessário redobrar a atenção com o orçamento para evitar problemas financeiros. 

O prazo máximo para empréstimos consignados destinados a aposentados do INSS agora é de seis anos (72 meses). A medida vale a partir de 1º de outubro de 2014. Agora, o consumidor precisa estar ainda mais atento com seu orçamento mensal, já que agora tem a possibilidade de alongar a dívida.

Para adquirir esta modalidade de empréstimo, o aposentado ou pensionista não pode onerar mais de 30% do seu salário com parcelas. Porém, com o alongamento do prazo, é possível que o idoso consiga uma quantia maior. Veja algumas de nossas dicas:



Juros não podem passar de 2,5% ao mês

O crédito consignado nada mais é que uma modalidade de empréstimo pessoal, que tem o desconto da prestação feito diretamente na folha de pagamento, pensão ou aposentadoria, antes mesmo que o consumidor tenha acesso a esse dinheiro.

O processo para adquirir o crédito consignado é relativamente simples, O ideal é que se faça uma pesquisa entre as instituições financeiras que têm convênio assinado com o INSS. Assim, o idoso tem mais chances de encontrar as melhores condições, principalmente quanto a taxas.

De acordo com o Ministério da Previdência Social, nas operações para aposentados e pensionistas, a taxa de juros não poderá ser superior a 2,5% ao mês. Não houve nenhuma modificação em relação as taxas. Atualmente, as taxas máximas são de 2,14% ao mês.



Imprimir Enviar a um amigo