Notícia

Conheça as opções de crédito do mercado

26 julho 2012

26 julho 2012

Precisa de dinheiro ou quer comprar algo, mas não pode pagar à vista? Veja em quais casos empréstimo, consórcio e financiamento são indicados.

No financiamento, o banco concede um valor para que você adquira um bem ou serviço específico. Em geral, o banco repassa o dinheiro ao estabelecimento onde você vai fazer o negócio, mas há casos em que ele deposita na sua conta corrente, mediante a apresentação de notas fiscais de compra, ou disponibiliza um cartão ou carta de crédito. A quantia que você receber deverá ser paga de forma parcelada com o acréscimo de juros.

No empréstimo, o valor também deve ser devolvido ao banco em prestações e com juros, mas, ao contrário do financiamento, não tem destino específico. Ou seja, você usa o dinheiro como quiser. Os tipos mais comuns são o consignado e o pessoal. O primeiro é para funcionários públicos, aposentados, pensionistas e profissionais de empresas privadas. As parcelas da dívida são descontadas na folha de pagamento.

No empréstimo pessoal, você pede ao banco a quantia desejada, com taxas de juros negociáveis, às vezes. É possível contratá-lo também na tela do caixa eletrônico ou na internet, pois muitos clientes já têm um crédito pré-aprovado, em que as taxas e os prazos estão definidos. Mas cuidado: os juros são elevados. Outra opção que também cobra juros altos é o cheque especial, em que o banco deposita um valor específico junto ao saldo de sua conta corrente. Você usa quando quiser; não precisa de liberação do banco.

Já o consócio é um grupo de pessoas que se reúne para a aquisição de um bem ou serviço. Nessa opção, não há a cobrança de juros, mas sim uma taxa de administração que é de cerca de 15% do bem ou serviço. E você só pode adquirir o bem se for contemplado no sorteio mensal ou se fizer um lance (antecipação das parcelas em dinheiro).

Vale ressaltar que a contratação de um empréstimo ou financiamento deve ser sua última opção. Mas se estiver convicto quanto à escolha, pesquise e compare os juros. Se você ficou interessado em consórcio, leia com atenção o contrato, confira os valores da taxa de adesão, taxa de administração, franquia e seguro.


Imprimir Enviar a um amigo