Notícia

Crédito para construção

20 novembro 2012

20 novembro 2012

As linhas de crédito específicas para comprar um terreno, construir um imóvel ou reformá-lo são mais baratas que os empréstimos pessoais convencionais, mas você deve estar preparado para uma boa dose de burocracia.

Essas foram as constatações de um estudo especial preparado pela revista DINHEIRO & DIREITOS para orientar você nessas questões. Veja abaixo algumas dicas preparadas por nós. A matéria completa está na edição nº 23 da revista

Financiamento curto é o ideal para terrenos

O ideal é tentar não fazer um financiamento muito longo. Quanto mais rápido você conseguir pagar o terreno, melhor – pois fica com a renda menos comprometida para investir na construção.

A Caixa Econômica Federal e o Banrisul monopolizam a oferta de crédito para a compra de terrenos e trabalham com alienação fiduciária como forma de garantia.

Construção exige papéis em dia

Você só conseguirá pedir um financiamento para a construção de um imóvel se tiver:

  • o projeto da obra aprovado na prefeitura;
  • o cronograma de obra preenchido pela construtora que a executará;
  • uma certidão de inteiro teor do terreno.

Durante a obra, o banco também acompanhará o andamento da obra para checar se tudo ocorre como previsto.

Menos opções para reformar

Para reformar seu imóvel, saiba que o financiamento é mais restrito e também um pouco mais caro (porém, menos caro do que se você optar pelo empréstimo pessoal).

Apenas a Caixa Econômica Federal, o Banrisul e a Nossa Caixa oferecem linhas de crédito para reformas - o que é ruim para o consumidor, pois restringe as opções na maior parte do país apenas à CEF


Imprimir Enviar a um amigo