Notícia

Juros de financeiras são ainda mais altos

06 agosto 2014

06 agosto 2014

A oferta de crédito pessoal é grande. Portanto, tenha atenção às condições informadas por bancos e financeiras. Além disso, não se deixe enganar pelas divulgações que prometem juros baixos e, antes de pegar o empréstimo, pesquise.

Em nosso teste, vimos que quem opta pelas financeiras, em vez dos bancos, tende a comprometer ainda mais o bolso. Constatamos isso a partir da simulação de quatro cenários: R$ 2 mil, divididos em 12 e 24 parcelas, e R$ 6 mil, divididos em 12 e 24 parcelas. No primeiro deles (R$ 2 mil em 12 vezes), ao contratar o crédito pela Caixa Econômica Federal, você se depara com CET de 59,47% ao ano e parcelas de R$ 212,68. Já na IbiCred, o CET é de 540,95% ao ano e o valor da mensalidade chega a R$ 396,79.

Perceba que, na financeira, um empréstimo de R$ 2 mil vai custar, ao final de um ano, R$ 4.761,48 a mais que o dobro só de juros. Para o de R$ 6 mil, também em 12 vezes, a situação não é diferente. O CET varia entre 58,87% ao ano (Santander) e 495,90% ao ano (IbiCred).


Imprimir Enviar a um amigo