Notícia

Planeje a compra do seu carro zero

21 setembro 2012

21 setembro 2012

Após a pesquisa de preços, estude diferentes formas de pagamento para conseguir uma boa negociação e não prejudicar seu orçamento.

No momento da negociação do seu carro zero é necessário cautela para conseguir o melhor preço,  sendo importante comparar as cotações e condições de pagamento em diversas concessionárias.  Caso queira colocar o seu carro usado na negociação faça uma pesquisa de preço antes, geralmente o valor oferecido para incluir o carro no negócio é abaixo do valor de mercado e você pode perder dinheiro.

Após escolher seu carro novo é preciso avaliar as diversas condições de pagamento e escolher qual se adequa melhor ao seu orçamento. Veja abaixo como funcionam as diferentes formas de pagamento:

Pagamento à vista:

A melhor opção de pagamento na compra de um carro é à vista, para não ter gastos com juros e conseguir uma boa negociação.

Financiamento:

São pagamentos realizados em longo prazo onde é preciso ter cautela para negociar o valor dos juros, que varia de acordo com o valor de entrada e do número de parcelas. Quanto menor o parcelamento menor os juros. O valor à vista deve ser o mesmo do valor financiado, pois os juros já estão incluso nas parcelas.

Consórcio:

Esta opção é considerada positiva por não incidir juros. As prestações são calculadas com base no valor do veículo e mensalmente um grupo de pessoas faz o pagamento de um valor e um deles é sorteado com a carta de crédito, utilizada na compra do veículo. A desvantagem é que como é feito por sorteios, o consorciado não pode usufruir do veículo até ser sorteado.

Leasing:

Neste caso o banco é o proprietário do veículo, a vantagem é que as parcelas são menores, indicado para quem não consegue dar uma entrada no ato da compra. O ponto negativo é que o automóvel fica no nome do banco até o final do pagamento e caso haja um atraso no pagamento das parcelas o banco pode confiscar o veículo. 

Antes de efetuar a compra é essencial que realize um test drive no veículo de interesse para avaliar questões como o conforto ao dirigir, a facilidade para realizar os comandos do painel, a visibilidade da área externa e como a suspensão reage em curvas e lombadas.


Imprimir Enviar a um amigo