Notícia

Saiba como comprar um carro usado

28 maio 2012

28 maio 2012

Veículos de segunda mão exigem alguns cuidados para que o consumidor não saia no prejuízo

As vendas de automóveis usados cresceram 5,14% em 2011, totalizando 8,8 milhões de unidades vendidas. Mas para fazer este negócio sair mais vantajoso é preciso tomar algumas precauções.

Problemas no motor, garantia incompleta e documentação irregular são alguns exemplos de aborrecimentos que podem surgir. Por isso, é necessário tomar alguns cuidados na hora de comprar seu carro usado.

O primeiro deles é analisar o histórico do veículo. É ele que vai informar ao comprador a existência de multas pendentes, ocorrência de furto e até mesmo discussão judicial.

Uma breve pesquisa sobre a idoneidade da empresa pode evitar dores de cabeça futuras. O vendedor ou intermediador sempre deve fornecer nota fiscal no nome da empresa, para facilitar a aplicação doCódigo de Defesa do Consumidor.

Caso o automóvel apresente algum defeito, o CDC estabelece um prazo de 90 dias para a reclamação de qualquer vício que possa surgir. Com a nota fiscal o vendedor será responsabilizado e o comprador poderá cancelar a compra ou obter um desconto.

O ideal é levar um especialista para verificar o motor, os freios, a suspensão e outros itens que são fundamentais para a saúde do carro. Na revista Dinheiro&Direitos nº 38 listamos tudo o que você precisa saber na hora de escolher o seu carro e ainda quais os procedimentos legais necessários para a compra e venda de usados.

Compra de carro usado


Imprimir Enviar a um amigo