Notícia

Como funciona o Minha Casa Minha Vida

06 outubro 2014
Minha casa minha vida

06 outubro 2014

Conheça detalhes do programa de governo que tem como intuito oferecer facilidades e benefícios na aquisição de imóvel, tais como descontos, subsídios e redução do valor de seguros habitacionais para famílias com renda bruta de até R$ 5 mil.

Para famílias com renda bruta de até R$ 1,6 mil, o programa é operacionalizado pela Caixa Econômica Federal, e consiste na construção ou requalificação de imóveis que, depois de concluídos, são alienados ao consumidor. Estes consumidores são indicadas pelo Poder Público, e o processo de seleção e indicação das famílias ao Programa é feito pela Prefeitura dos municípios locais e/ou pelo Governo do Estado/Distrito Federal, sendo o imóvel construído depois das inscrições dos interessados.

As famílias selecionadas e validadas pela CAIXA serão comunicadas sobre a data de sorteio das unidades e da assinatura do contrato de compra e venda do imóvel. O Programa tem cotas para idosos, pessoas com deficiência ou com mobilidade reduzida.

Para se inscrever é necessário estar enquadrado nas regras do Programa, ter capacidade civil, ser brasileiro ou possuir visto permanente no País.

Programa é a oportunidade que muitas famílias têm para adquirir a casa própria

Para quem tem renda um pouco maior (até R$ 5 mil), é possível financiar um imóvel do mercado de até R$190 mil na Caixa e no Banco do Brasil. Para isso, é necessário estar dentro das seguintes regras:

  • Ter mais de 18 anos ou ser emancipado com 16 anos completos;
  • Ser brasileiro ou possuir visto permanente no país;
  • Possuir capacidade civil e de pagamento;
  • Não ter nome em cadastros de devedores, como SERASA e SPC;
  • O imóvel deve ser novo;
  • Não ter recebido desconto em financiamento habitacional anterior;
  • Não ser proprietário, cessionário ou não ter compromisso de compra de outro imóvel residencial urbano, concluído ou em construção.
  • Não possuir financiamento habitacional ativo, nas condições estabelecidas para o Sistema Financeiro de Habitação (SFH), em qualquer parte do País;
  • Não ser titular de direito de aquisição de imóvel residencial urbano.
  • A prestação não pode ser maior que 30% da sua renda familiar mensal bruta;
  • Sua renda familiar bruta deve ser até R$ 5 mil por mês;
  • O imóvel deve ser utilizado para sua moradia;
  • Não ter sido beneficiado no Programa Minha Casa Minha Vida;
  • A garantia do seu financiamento é a alienação fiduciária do imóvel.

Juros variam de acordo com a renda

As taxas de juros variam de acordo com a renda bruta mensal, ou seja, quanto menor a renda, menor a taxa. Elas variam de 5%a.a a 7,16%a.a e para quem tem conta no FGTS os juros variam de 4,5%a.a a 6,66%a.a. 


Imprimir Enviar a um amigo