Notícia

Migre para fundos de investimento

18 setembro 2009

18 setembro 2009

Dica vale até o final de 2009 e para quem tem mais de R$ 50 mil investidos. Se não é o seu caso, permaneça investindo na poupança.

Com as novas regras da poupança, recém-anunciadas pelo Governo, migrar para fundos de investimento tornou-se mais interessante para quem tem saldos iguais ou superiores a R$ 50 mil. Para quem tem valor menor do que esse investido, vale a pena permanecer na poupança.

Segundo levantamento feito pela Pro Teste, considerando a rentabilidade da poupança dos últimos 12 meses e a rentabilidade dos fundos conservadores durante o mesmo período,  fundos que cobram taxa de administração inferiores a 5% passam ter rentabilidade igual ou superior a da poupança.

Tenha muita cautela, porém, para fazer a migração. Oriente-se pelas nossas escolhas certas, publicadas na revista DINHEIRO & DIREITOS e que são atualizadas bimestralmente na seção “Em foco”.

Imposto de 22,5% sobre os juros fixos da caderneta

Segundo a proposta do Governo, aplicações iguais ou superiores a R$ 50 mil a partir de 2010 passarão a ter incidência de uma alíquota de imposto de 22,5% sobre os juros fixos da caderneta (6,17% a.a.) ou seja o rendimento menos a TR.


Imprimir Enviar a um amigo