Notícia

Petrobras: vale a pena investir

09 setembro 2010

09 setembro 2010

Mas fique alerta, pois incertezas nos custos do pré-sal e no preço do barril de petróleo não garantem lucro futuro com os papéis

Adquirir novas ações da Petrobras pode ser um bom negócio, desde que você saiba que o lucro com elas não é garantido. Esse é o conselho da PROTESTE, após avaliar a oferta pública de ações promovida pela empresa estatal, que quer se capitalizar para explorar a camada do pré-sal.

Especialistas apontam que há boa possibilidade de valorização das ações após esse período de capitalização. Entretanto, o cenário é de muita incerteza para o longo prazo (prazo aconselhável para o investimento não-especulativo em bolsa de valores), já que ainda existe muita dúvida a respeito dos reais custos de extração na camada pré-sal e de como vai evoluir o preço do barril do petróleo no mercado internacional.

Por isso, a PROTESTE aconselha aos investidores que já têm ações da Petrobras em seu portfolio que permaneçam com elas. Isso porque a tendência é que a perda registrada nos últimos meses seja em parte apaziguada.

Se você ainda não for acionista da Petrobras e desejar comprar os papéis, lembre-se que, apesar da perspectiva de fazer um bom investimento, o mesmo envolve riscos consideráveis que não podem ser desprezados.

Como a oferta vai funcionar

Do total dos papéis a serem emitidos, 80% estarão disponíveis para os atuais acionistas e os outros 20% serão oferecidos ao varejo – nestes, a preferência de compra será dada aos funcionários da Petrobras. A venda começa nesta segunda-feira, dia 13/9.

Se você usou o FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) para comprar ações da estatal em 2000, e as manteve até hoje, também poderá utilizá-lo novamente (em até 30% do saldo) para comprar novas ações nessa oferta pública.

Os acionistas que não comprarem as ações permanecem com os papéis que já possuem, mas sua participação na empresa é diluída, uma vez que o total de ações aumentará.

Para saber mais sobre o processo de oferta de ações, acesse o site da Petrobras.


Imprimir Enviar a um amigo