Notícia

Qual fundo DI é o melhor?

05 maio 2015
di

05 maio 2015

PROTESTE avaliou investimentos do BB, Itaú, Bradesco, Santander e outros bancos para indicar a você qual oferece melhor rentabilidade.

Como funciona um fundo DI

A PROTESTE avaliou Fundos DI, de 15 instituições, abertos para pessoa física com investimento mínimo inicial de até R$ 25 mil. Este tipo de investimento é considerado um coringa, pois é indicado tanto para investidores arrojados como para quem apenas quer um rendimento maior do que a poupança.


O principal indicador para avaliar um fundo é sua taxa de administração. Um fundo DI com taxa de administração superior a 1,25% ao ano tem grandes possibilidades de oferecer retornos inferiores à poupança e não proteger seu dinheiro contra a inflação.

Outros custos a se considerar são o imposto de renda (IR) e o imposto sobre operações financeiras (IOF), que incide somente se o investidor permanecer com a aplicação por um prazo de até 30 dias, o que não é aconselhável (independente da cobrança desse tributo).


Em relação à cobrança de IR, ela acontece semestralmente através do come cotas (nos meses de maio e novembro), com o restante sendo cobrado no momento do resgate, e incide somente sobre a rentabilidade. As alíquotas de imposto a serem cobradas dos rendimentos do fundo irão variar de acordo com o tempo que você permanece como cotista.


Imprimir Enviar a um amigo