Notícia

Cinco dicas para usar o dinheiro extra do 13º

18 dezembro 2015

18 dezembro 2015

Confira as dicas da PROTESTE para te ajudar a decidir o que fazer com décimo terceiro no final do ano. 

Para quem está com dívidas em atraso o décimo terceiro pode ser uma boa oportunidade de renegociá-las ou até mesmo tentar quitá-las. E para quem está com as contas em dia, o momento é oportuno para separar uma parte do valor para pagar as contas do início do ano como IPVA, IPTU, material escolar ou até mesmo para investir em Fundos de Renda Fixa ou CDB. 


Por isso, a PROTESTE fez uma lista de dicas para te ajudar a decidir o destino do dinheiro extra no final do ano. Veja qual alternativa se encaixa melhor na sua atual situação financeira e aproveite:



1. Quitar ou renegociar dívidas:
em tempos de perspectiva de alta da taxa básica de juros, a tendência é que as dívidas fiquem mais caras;


2. Investir ou poupar:
aproveite o dinheiro extra para fazê-lo render;


3. Compras e diversão: se você foi organizado ao longo do ano e não tem dívidas para pagar, se dê ao direito de usufruir do décimo terceiro. Compre algo que você realmente queira ou pague uma viagem de férias para sua família.

4. Faça um planejamento financeiro: se você almeja algo de maior valor, como a compra de um carro, por exemplo, guarde o dinheiro extra junto com a sobra de cada mês. E, ainda, detalhe suas despesas fixas (contas mensais) e as despesas irregulares (lazer, presentes) identificando o que são gastos supérfluos e onde pode economizar. Desta forma, o décimo terceiro será um bom reforço nas suas economias.


5. Gastar com as prioridades:
lembre-se, o dinheiro na mão acaba mais rápido do que imaginamos, então é importante gastá-lo com definição de prioridades. Tenha sempre em mente que o dinheiro só pode ser tratado como extra se você estiver em dia consigo mesmo.



Gostou deste conteúdo? Cadastre-se agora e receba gratuitamente informações da PROTESTE!


Imprimir Enviar a um amigo