Notícia

Esquema da pirâmide: proteja-se

22 fevereiro 2010

22 fevereiro 2010

Grupo que prometia casa própria é fechado por aplicar golpe. Saiba como identificar prática ilegal

Por oferecer crédito imobiliário no sistema de pirâmide, a Associação Fruto da Terra Brasil foi fechada após denúncia do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro.

O golpe da pirâmide é uma artimanha comercial não-sustentável que paga valores pelo recrutamento de outras pessoas para o esquema, sem que qualquer produto ou serviço seja entregue. E ele é considerado ilegal pelo Código de Defesa do Consumidor.

 

Esquema cobrava sem garantir entrega de imóvel

Para adquirir a carta de crédito, a associação estipulava dois sistemas:

  • Um consistia no pagamento, por 30 meses, de contribuição associativa equivalente a um milésimo do valor pretendido. Somente depois que estivesse morando no imóvel escolhido pelo próprio consumidor, seria iniciado o pagamento das parcelas.
  • No segundo modelo, o recebimento da carta de crédito era antecipado por meio da atribuição de pontuação aos consumidores. Entre outras atividades, eles deveriam indicar novos associados.

A associação ainda utilizava publicidades atrativas e apelativas, atraindo os consumidores. Eles não tinham qualquer garantia da entrega do imóvel.

Desconfie de ofertas miraculosas

A pirâmide é um esquema desleal, que adota a veiculação de oferta e informações incompletas, enganosas e incorretas. Por isso, sempre desconfie de ofertas miraculosas, que prometem um bem muito caro por um preço baixo. Fique ainda mais atento caso seja exigido que você consiga novos membros para o grupo.


Imprimir Enviar a um amigo