Notícia

IPTU e IPVA: parcelar ou pagar à vista?

09 janeiro 2012

09 janeiro 2012

Resposta depende do percentual de desconto para quem quita os tributos de uma só vez.

A decisão de pagar à vista IPTU e IPVA ou deixar o dinheiro investido e parcelar os tributos vai depender do desconto para quem efetua a quitação de uma só vez.

Para que a redução da parcela única valha à pena, ela deve ser maior que o rendimento das aplicações financeiras conservadoras. Nos últimos 12 meses, a categoria que apresentou maior rentabilidade entre elas, fundos de renda fixa, teve uma rentabilidade de 12,78%.

Se você mora no Rio de Janeiro ou em São Paulo, veja que vale mais à pena pagar os impostos à vista:

Cidade/Tributo IPTU IPVA
Rio de Janeiro Pague à vista, porque o rendimento anual da aplicação precisaria ser de 17,46% para valer a pena parcelar. Pague à vista, porque o rendimento anual da aplicação precisaria ser de 89,26% para valer a pena parcelar.
São Paulo Pague à vista, porque o rendimento anual da aplicação precisaria ser de 14,71% para valer a pena parcelar. Pague à vista, porque o rendimento anual da aplicação precisaria ser de 20,27% para valer a pena parcelar.

Vale lembrar que cada Estado e município fixam um percentual diferente de desconto. Compare esse valor com o rendimento das aplicações financeiras conservadoras. Se o valor do desconto for maior do que o rendimento anual, faça o pagamento à vista.


Imprimir Enviar a um amigo