Notícia

Não aceite cédulas tingidas de rosa

03 junho 2011

03 junho 2011

Agora, bancos são obrigados a trocar notas danificadas por dispositivos de segurança dos caixas eletrônicos caso você as tenha sacado.

O Banco Central (BC) e o Conselho Monetário Nacional (CMN) determinaram que notas manchadas de tinta rosa pelos mecanismos de segurança de caixas eletrônicos deixam de ter validade, por isso não devem ser aceitas nem como meio de pagamento nem como troco.

A partir de agora, o cidadão que portar uma cédula suspeita pode entregá-la em qualquer agência bancária. O banco será obrigado a trocá-la por notas válidas, de acordo com decisão anunciada pelo Banco Central em 9 de junho.

Para evitar constrangimentos, fique atento e verifique com atenção as notas que recebe. A mancha rosa pode cobrir uma grande parte da cédula ou apenas as laterais. Por isso, em caso de suspeita, não aceite a cédula.

O posicionamento da PROTESTE.

A PROTESTE alerta que o banco tem que assumir a responsabilidade pela troca das cédulas manchadas se o saque foi feito em caixa eletrônico, que é abastecido pela instituição financeira. O prejuízo não pode ficar com você nessa situação. No comércio em geral, você precisa ficar atento e não aceitar nenhuma nota suspeita.

Segundo o Banco Central, existem cerca de 75 mil cédulas tingidas de rosa circulando no mercado. E o objetivo das medidas é justamente evitar a circulação dessas notas fruto de ação criminosa.


Imprimir Enviar a um amigo