Veja todas as publicações da PROTESTE em seu celular ou tablet!

Promoções patrocinadas nas redes sociais podem ser fraudes

Os anúncios de sites conhecidos trazem ofertas imperdíveis. Muitas vezes, daquele produto que você já vem pesquisando na Internet, mas ele não existe. Por isso, leia com muita atenção as nossas dicas para não cair nesse golpe.

30 maio 2017 |
fraude-rede-social

Já passou pela sua cabeça acessar um anúncio patrocinado numa rede social e ser fisgado por uma fraude? Pois saiba que isso vem acontecendo com muita frequência na Internet. São sites falsos que podem gerar muitos problemas para os consumidores. Eles oferecem ofertas incríveis, em geral, por menos da metade do preço de um produto que você já vem pesquisando na Web. Com esse apelo irresistível, não é difícil você acabar caindo na armadilha.

O pagamento solicitado sempre ocorre por meio de boleto e, o pior, o produto comprado não existe. Além disso, o site fraudulento exige que se preencha um cadastro, que pede diversos dados, como número de CPF, endereço, e-mail (e senha do seu endereço eletrônico), entre outros. Ao identificarmos algumas dessas fraudes, mostramos aqui como você pode verificar se a promoção é falsa e não cair no golpe.

  • Em primeiro lugar, saiba que toda publicação patrocinada vem de alguma página, que deve ter, exatamente, o mesmo nome da loja. 
  • Você pode ir à página da loja na rede social e procurar por esse post patrocinado.

     fraude-rede-social-2  

  •  Ao clicar no link falso, é possível identificar que a página parece bastante com a loja on-line já conhecida, por isso fique atento às diferenças: por exemplo, há na barra de navegação a mensagem “não seguro”, o endereço do site não inicia com o nome da loja virtual e o link não traz https:// no inicio.

  • O preço do produto é sempre absurdamente barato, ou seja, imperdível. Em geral, menos da metade do preço.
  • Veja os comentários das pessoas no post patrocinado. Alguns deles avisam que é golpe. 
  • É importante destacar que, ao clicar no anúncio, você já pode ser infectado por um malware. Por isso, é importante ter um antivírus instalado no seu computador. 
  • O pagamento do produto, em geral, só pode ser feito via boleto, que parece estar perfeito. Ele traz informações verídicas da loja virtual, mas se você verificar o código de barras na hora do pagamento no banco vai constatar que se trata de outra empresa.

    fraude-rede-social-1 

     

  • No cadastro para compra são pedidas várias informações (nome completo, CPF, sexo, data de nascimento, telefone, e-mail e endereço), que podem ser usadas para fins desconhecidos. 
  • Caso o usuário utilize o seu login da loja verdadeira no site fraudulento, qualquer senha será aceita. Mas, isso mostra que toda senha pode ser capturada. E, caso você use a mesma em outros lugares, isso pode ser um risco grave.

 Vale ressaltar que algumas promoções patrocinadas nas redes sociais podem ser bem interessantes e são, de fato, verídicas. Porém, é muito importante que você fique atento a esses sites fraudulentos. Caso se depare com algum deles, proceda assim denunciá-lo: clique no nome da página; ao entrar, aperte em “...”, que fica ao lado de “compartilhar”; e, em seguida, em “denunciar a página” e “é uma fraude”. 

 

Gostou deste conteúdo? Cadastre-se agora e receba gratuitamente informações da PROTESTE! Se você é associado e precisa de ajuda, ligue para nosso Serviço de Defesa do Consumidor pelo 0800 282 2204 (de telefone fixo) ou (21) 3906-3900 (de celular).

Leia também

conta
onix
economizar
alimentação

Deixe seu comentário()

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.