Notícia

Para cada perfil, um produto

Para analisar as opções de planos disponíveis no mercado, enviamos questionários para 14 entidades de previdência privada de todo o país. Dentre as empresas procuradas, somente sete responderam aos nossos questionamentos.

Assim, para obtermos as informações das restantes e podermos ampliar nossa pesquisa da forma mais abrangente possível, recorremos a visitas a sites e ligações ao serviço de atendimento ao cliente (SAC).

Considerando as respostas que tivemos e as informações que conseguimos coletar, chegamos a um total de 10 instituições analisadas. A escolha certa para você vai depender do seu perfil (se é conservador, moderado ou agressivo em seus investimentos) e de quanto dispõe para o pagamento inicial.

Entre os planos de previdência privada analisados em nosso teste comparativo, todos oferecem como benefício incluído a renda por sobrevivência, que é a renda da sua aposentadoria, mais os benefícios opcionais.

Não abra mão do INSS

Cabe ressaltar, no entanto, que, mesmo a previdência privada sendo mais atrativa financeiramente que a previdência social, ela sempre deve ser encarada como complementação, uma vez que, pelo INSS, você conta com algumas garantias assistenciais que não estão presentes no sistema de previdência complementar.

E uma questão grave que atinge todos os planos de previdência privada é a falta de garantias ao consumidor no caso de as seguradoras que administrem o plano vierem a falir. Pela lei de falências, a seguradora tem uma série de outras dívidas como prioridade.


Imprimir Enviar a um amigo