Veja todas as publicações da PROTESTE em seu celular ou tablet!

Aquecedor a gás: atenção na compra
Antes de escolher o equipamento, veja nossas dicas. Número de moradores da casa deve ser levado em conta.
08 maio 2014 |

Em primeiro lugar, é fundamental que você saiba como esses aparelhos funcionam. No mercado, há dois tipos de aquecedores de água a gás: por acumulação e passagem, que funcionam como Gás Liquefeito de Petróleo (GLP) e Gás Natural (GN). O tipo mais comum é o de passagem, em que a água é aquecida no próprio equipamento, e distribuída por toda a residência.

A construção precisa ter encanamento adequado e torneiras específicas para água quente. Além disso, sua casa deve ser atendida por uma rede de distribuição de GN. Caso contrário, você deve usar um aquecedor GLP, ligando-o a um botijão de gás. 

Ao escolher um aquecedor de passagem, avalie quantas duchas, torneiras e banheiras que receberão água quente e o número de pessoas que irá usá-las ao mesmo tempo. Por isso, existem aquecedores domésticos com diferentes capacidades – ou vazão (de 8 a 37 L).

Instalação deve ser próxima a janelas

Você precisa ter em mente também onde irá instalar o aquecedor. Recomenda-se que eles sejam colocados na cozinha ou na área de serviço próximos a janelas. Isso facilita a instalação de uma chaminé com saída para a rua, exigida pelo Instituto Nacional de Metrologia (Inmetro), que deve receber manutenção pelo menos uma vez por ano.  

Se você ainda espera outras funcionalidades de um aquecedor, fique tranquilo. Algumas marcas vêm com controle remoto, dispositivo de segurança em caso de vazamento de gás e display digital para a temperatura. Há ainda opções com acendimento automático. E não esqueça de verificar o selo do Inmetro, que traz o consumo energético e o gás para o qual o aparelho foi fabricado. Jamais aceite qualquer tipo de conversão feita na loja ou em sua casa, pois isso altera as características originais do produto.


Leia também

economizar
onix
prato
azeite-proibido

Deixe seu comentário()

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.