Notícia

Fogões com variados recursos e acessórios

22 agosto 2012

22 agosto 2012

A PROTESTE testou alguns itens de extrema importância para o uso deste eletrodoméstico.

Muitos recursos presentes nos fogões facilitam a vida do consumidor, como grades basculantes e timer, que permite programar o período que o alimento deve ficar no forno. Quando o assado está pronto, o dispositivo emite um som e desliga a chama, como medida de segurança.

Nos ensaios de combustão foi verificado que durante o uso dos queimadores superiores e do forno, há a produção de monóxido de carbono além do limite seguro. As marcas Atlas, Bosch e Esmaltec excederam o limite em, pelo menos, um de seus queimadores. O modelo da Atlas, por exemplo, ultrapassou esse índice em quase o dobro. A produção excessiva do gás é um perigo para a sua saúde.

Quanto à segurança elétrica, verificamos riscos de choque ao usuário, que pode ser causado pelo simples contato com alguma parte do fogão, como a traseira. Todos os produtos são seguros nesse item.

Na parte mecânica, procuramos por furos ou trincas no circuito de gás e avaliamos a qualidade das conexões. O fogão Atlas teve problemas de ignição para ligar o forno, por isso não passou pelos testes de desempenho.

No teste de segurança térmica, colocamos os fornos em 200ºC e ligamos os cinco queimadores. Após uma hora, medimos a temperatura na porta de vidro e nas partes de metal do painel. Usamos como parâmetro a norma ISO, que aponta como temperaturas máximas 70ºC para as partes metálicas e 90ºC para a porta de vidro. Com exceção do Brastemp, que teve temperaturas próximas desses limites, todos os produtos foram muito ruins nessa avaliação, sendo que o Atlas não foi avaliado em função da falha na ignição do forno.

O desempenho energético, que inclui o nível de rendimento dos queimadores e o consumo do forno, também foi analisado, já que afeta diretamente o seu bolso. Todos os fogões GLP foram considerados "bons". Vale lembrar que o Atlas não estava mais sendo testado.

Avaliamos ainda a variação entre a temperatura medida e a indicada pelo manípulo do forno. O melhor produto é o Continental, já que a variação entre a temperatura indicada e a que medimos foi de 8ºC. A maior, de 20ºC, foi encontrada no Esmaltec. A variação deve ser a menor possível, para que, ao preparar sua receita, você tenha certeza de que a temperatura do forno esteja de acordo com a indicada na receita. 


Imprimir Enviar a um amigo