Notícia

Lava-Louças: vale a pena ter em sua cozinha?

28 agosto 2013

28 agosto 2013

O lado positivo é que enquanto a máquina trabalha, você se dedica a outras tarefas e ainda gasta pouca água e energia elétrica. E no geral, os produtos cumprem a função de eliminar a sujeira das louças. Confira aqui os resultados do teste:

No Brasil as máquinas de lava-louças não são muito populares como no resto do mundo, fato que pode ser considerado uma desvantagem, já que os produtos que testamos se mostraram muito eficientes. Quanto à conta de luz, também não deixam a desejar: moradores do Rio de Janeiro que usarem a lava-louças todos os dias gastarão cerca de R$ 13 ao mês; e caso só liguem a máquina duas vezes por semana, apenas R$ 3,50 mensais.

Após nossos testes, um mito que cai por terra é o fato de termos que passar uma água primeiro na louça suja antes de colocá-la na máquina. Vimos que isso não é necessário. Basta raspar com um talher os restos de comida para uma lata de lixo e pronto. Nosso teste provou que todas as lava-louças eliminam a sujeira. Porém, a Electrolux de 12 serviços teve um desempenho superior, ao passo que a Philco de seis serviços mostrou o pior desempenho.

Se você se animou e pretende instalar uma maravilha dessas na sua cozinha, é preciso saber que é necessário ocupar a capacidade máxima da lavadora para aproveitar 100% do seu desempenho, evitar gastos excessivos de água e energia.

Entretanto, caso você não suje louça suficiente diariamente, você pode utilizar a função pré-lavagem que jogará um pouco de água na louça para eliminar restinhos de comida, evitando mau cheiro em sua cozinha. No dia seguinte, você completa a máquina e parte para a lavagem total. Esta função é muito simples e está presente em todos os modelos testados – exceto na Brastemp de seis serviços.

Outra característica que pode fazer diferença na usabilidade é o porta-talheres. Todas as lava-louças trazem locais próprios para encaixar as louças. Mas a Brastemp, foi a única com porta-talheres removível, permitindo mais espaço para acomodar, por exemplo, panelas ou potes plásticos. Já na Electrolux, a parte dos talheres é fixa.

Como se vê, vale a pena apostar nesse produto para ganhar qualidade de vida na rotina doméstica. As máquinas lavam toda a louça em cerca de duas horas – é muito, mas, enquanto ela trabalha, você se dedica a outras tarefas. E mais: seu gasto de água é baixíssimo.  Veja no gráfico abaixo:

Veja no gráfico o consumo de água da lava-louças.

E não tenha medo de errar, por que os manuais de instruções são bem explicativos, ensinando até como instalar. Na hora da compra, porém, a pesquisa será fundamental, dependendo do local da compra, você pode encontrar variações de até R$ 1 mil em um mesmo produto, como é o caso da Electrolux de 12 serviços.

Veja na tabela ao lado os resultados do teste:


Imprimir Enviar a um amigo