Como fizemos o teste

Lavadora de roupas

05 julho 2016

05 julho 2016

Como fizemos o teste

Facilidade de uso: Neste item verificamos a facilidade de montagem, de uso dos recursos, facilidade de uso do painel, de limpeza, de abertura da tampa, de colocação e retirada das roupas e utilização do(s) dispenser(s).

Manual de Instrução:
 Verificamos se as informações prestadas pelos fabricantes no manual eram claras, se havia figuras que representavam bem o que era mostrado, se tinham todas as informações importantes de montagem, segurança, de uso e limpeza.

Desempenho:
 avaliamos o desempenho em retirar sujeira (eficiência de lavagem), eficiência de centrifugação e o tempo total do ciclo. Para aquelas que lavam e secam, também foram avaliados a eficiência de secagem e o tempo do ciclo.  Para este teste foram selecionados os programas mais usuais de cada máquina de lavar. Primeiramente, os testes foram feitos com metade da capacidade nominal das máquinas, para compararmos os resultados de todos os modelos, já que como a diferença de carga fica menor que 1,5 kg, podemos colocar todos os produtos na mesma categoria.

Consumo de Energia: analisamos o consumo de energia gasto para realizar cada ciclo do teste. Para os produtos que tem a opção lavar e secar, também foi medido o consumo do ciclo completo, além do somente lavar e centrifugar.

Consumo de água: Durante os ciclos de lavagem e lavagem/secagem medimos o volume de água consumido no processo. Para água fria podemos comparar os produtos front e top load.

Ruído:
 verificamos a quantidade de ruído que as máquinas produzem durante o processo de centrifugação. Lembramos que este teste é comparativo e o resultado traduz quais delas fazem mais barulho. Um decibelímetro é instalado a 1,0m de distância da parte frontal da Lavadora e medido o ruído gerado pela mesma por 30 segundos durante a centrifugação. A altura da ponteira de medição do decibelímetro deve ficar nivelada com o centro da cesta da Lavadora.


Imprimir Enviar a um amigo