Notícia

Desempenho diferente em cada função

28 junho 2010

28 junho 2010

Walita teve o resultado mais uniforme, enquanto Britânia e Faet apresentaram piores cortes.

De forma geral, todos os produtos deixaram uma quantidade de batata, cenoura, pepino e queijo sem processar. Isto acontece pelo fato do pilão dos aparelhos não poder bater nas lâminas, deixando um espaço pelo qual o alimento escapa o alimento.

Cortes irregulares em duas marcas

O Walita teve o resultado mais uniforme para a maioria das funções executadas. A única função em que o Walita deixou a desejar foi a de bater clara em neve, na qual o desempenho foi realmente ruim.

Britânia e Faet apresentaram os resultados menos homogêneos. O Britânia foi muito ruim ao picar cebola, fatiar pepino e batata, deixando os alimentos com tamanhos totalmente diferentes. O Faet, apesar de ser o mais rico em funções, teve desempenho muito ruim ao cortar batata palito, fazer suco de laranja e descascar batata.

Pepinos cortado pelos produtos da Britânia [1] e da Faet [2]

Pepinos cortado pelos produtos da Britânia [1] e da Faet [2]

Além disso, o processador Faet indica que é possível fazer massa de pão com ele e chega a dar uma receita para o consumidor. Porém, quando tentamos executar a receita, um forte cheiro de queimado vindo do aparelho foi sentido. Melhor não tentar fazer massa de pão com ele para evitar acidentes.

Duto do Britânia esparrama comida

O processador Britânia traz um duto que, em vez de direcionar a queda do alimento triturado, pode acabar fazendo com que a comida se esparrame pela mesa ou bancada de apoio em que o aparelho estiver.

Para solucionar esse problema, se você tiver tal aparelho, ao usá-lo coloque uma tigela alta para receber os alimentos processados.


Imprimir Enviar a um amigo