Notícia

3G: a PROTESTE continua lutando por você

11 agosto 2014

11 agosto 2014

Entidade entrou com ação pedindo indenização por danos morais coletivos devido a péssima qualidade do serviço prestado pelas operadoras.

Depois de milhares de consumidores terem participado da campanha Em busca do 3G Perdido, manifestando a insatisfação com a qualidade do serviço prestado pelas empresas, a PROTESTE ingressou com ações coletivas contra quatro operadoras de telefonia (CLARO, OI, TIM, VIVO) no dia 12 de março.

 

O objetivo dessas ações é que as operadoras ofereçam a conexão contratada com qualidade, sob pena de pagamento de multa em razão do descumprimento.

 

Requeremos indenização por danos morais coletivos a todos os consumidores clientes das empresas que foram lesados por conta das falhas na prestação do serviço 3G. Pedimos que as empresas sejam condenadas a concederem descontos nas contas dos consumidores pelo período de um ano.

 

Além disso, a PROTESTE requer nas ações judiciais que as operadoras sejam proibidas de vender novos planos de telefonia móvel com tecnologia 3G até a regularização do sistema, com atendimento aos parâmetros da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), cujas medições mensais têm apontado falhas das operadoras em boa parte do País.

 

A principal vantagem dessas ações que tramitam em Brasília é assegurar a proteção a toda a coletividade de consumidores, ou seja, se a PROTESTE sair vitoriosa essas decisões beneficiarão todos os consumidores sem que eles tenham que buscar a reparação pelos prejuízos sofridos individualmente na Justiça.   

 

Essa não é a única luta na qual a PROTESTE está engajada. Além de brigar por seus direitos, a PROTESTE faz testes de produtos e serviços e oferece serviços exclusivos a seus associados. Por que você não experimenta?


Imprimir Enviar a um amigo