Notícia

Aplicativos de edição de fotos: boas opções para editar suas fotografias

07 maio 2015

07 maio 2015

Avaliamos dez aplicativos de edição de fotos, para Android e iOS, e, apesar do resultado ruim no teste de correção automática, há boas alternativas para tratar suas imagens.

Aplicativos de edição de fotos

Testamos dez aplicativos de edição de fotos para ver se realmente são capazes de corrigir imperfeições e melhorar a qualidade do retrato. Desses apps, dos quais cinco eram voltados para o sistema operacional Android e os outros cinco, para iOS, apenas um, Afterlight (iOS), não era gratuito.

 

Aplicativos gratuitos, mas cobram por funções


Mas foi aí que verificamos o primeiro problema, no teste de usabilidade alguns aplicativos que se dizem sem custos, cobram para disponibilizar algumas funções ao usuário, por meio de microtransações. 


O Cymera (Android) e Autodesk Pixrl (Android e iOS) não possuem as microtransações, sendo que todos os outros possuem. E todos do iOS, com excessão do Autodesk Pixrl, cobram para disponibilizar algumas funções no app. Isso se refere à opção de usar outros tipos de molduras, ferramentas e filtros que não as oferecidas nativamente no app.


Além disso, no quesito usabilidade avaliamos os itens abaixo:

  • O espaço que o aplicativo ocupa no smartphone;
  • As facilidades ao alterar a foto;
  • A utilização do programa no envio de fotos;
  • A explicação dos efeitos;
  • As ferramentas disponíveis. 

E após estas análises quase todos os apps do Android foram considerados bons, menos o Photoshop, que foi avaliado como aceitável por possuir microtransações e ser um app relativamente grande para instalar (40,9 Mb), além de não possuir explicação suficiente sobre os efeitos e ferramentas. 


No iPhone o Pixrl do Autodesk e o Picshop foram considerados aceitáveis e o Afterlight, Photoshop e Picshop foram considerados ruins, pois ambos são aplicativos que ocupam bastante memória (30,5 Mb no Picshop e 71,9 do Photoshop) e também não possuem explicações suficientes sobre os efeitos e ferramentas.


Correção automática de fotos: resultados ruins surpreendem 

Outra constatação negativa, e surpreendente, foi o fraco desempenho no teste de correção automática de imagens – o recurso mais importante dos aplicativos de fotos, em que se repara características como contraste, brilho e saturação. Confira exemplos abaixo:

Na correção automática os resultados foram particularmente ruins nos apps para Android, em que todos, com exceção do Photo Editor – Aviary, se saíram muito mal. Embora melhores do que os Android, alguns apps para iOS foram mal. 


Apps se saíram muito bem na avaliação de edição de fotos

Apesar disso, há boas opções de apps, que se mostraram muito eficientes na edição manual de fotos. Ou seja, são ideais para criar mosaicos de retratos, moldurá-los, girar e cortar a imagem ou controlar suas cores. 


Todos tiveram avaliações muito boas, com exceção do Repix (iOS), considerado apenas aceitável. O número de filtros oferecidos também é bom nos aplicativos Autodesk Pixrl, PicsArt e Cymera (Android) e Autodesk Pixlr e Afterlight (iOS).     


Confira quais foram os melhores do teste nos quesitos correção automática e edição de fotos. 

 


Imprimir Enviar a um amigo