Notícia

Campanha contra riscos de segurança com a falta de atualizações de software de smartphone

05 abril 2016

05 abril 2016

PROTESTE participa da mobilização mundial para convencer empresa a atualizar e dar informações claras sobre potencial risco de segurança caso não se atualize o telefone.

A PROTESTE está participando de campanha mundial liderada pela Consumers International, cujo objetivo é convencer a Samsung a garantir atualizações de software regulares de todos os seus smartphones, por um período razoável de tempo após a venda. 


Foi enviada carta conjunta para a sede da empresa na Coréia, pedindo que as mudanças sejam implementadas em todos os mercados onde a Samsung atua, incluindo o fornecimento aos consumidores de informações claras sobre quanto tempo seu telefone irá receber atualizações e sobre o potencial risco de segurança caso não o atualize.


A Samsung é a líder global de mercado na fabricação de smartphones (21,4% no 4º trimestre de 2015, em comparação com 18,7% da Apple e 8,1% da Huawei). 


A empresa foi alvo de ação judicial pela entidade holandesa de defesa do consumidor Consumentenbond, em que é pedida transparência na sua política de atualização de software e combate às potenciais vulnerabilidades de segurança no ponto de venda e também para fornecer atualizações de software.


As entidades querem que a empresa assuma a responsabilidade por garantir que todos os produtos de TI que põe no mercado são seguros para ser usados pelos consumidores.


Na carta conjunta à sede mundial da Samsung, é pedido para a empresa fornecer mais informações sobre as respectivas políticas de atualização de software e sua resposta às questões levantadas pelo Consumentenbond.


A Consumers International, da qual a PROTESTE faz parte, é a federação mundial de entidades de consumidores com mais de 240 organizações membros em 120 países.

Gostou deste conteúdo? Cadastre-se agora e ganhe acesso ao conteúdo exclusivo que reservamos para você! 

Se você é associado PROTESTE e precisa de ajuda ligue para nosso Serviço de Defesa do Consumidor nos telefones: (21) 3906-3900 (de telefone fixo) e 0800 201 3900 (de celular).


Imprimir Enviar a um amigo