Veja todas as publicações da PROTESTE em seu celular ou tablet!

Ótimas fotos no seu celular, poupando R$ 2.298
Você não precisa pagar muito caro para ter um smartphone que tire cliques incríveis. Veja a nossa seleção de bons produtos e escolha o que cabe no seu bolso.
 
12 dezembro 2017 |
celular-foto

Hoje, quem tem um bom celular não precisa mais andar com câmera digital a tiracolo. Mas você está enganado se acha que precisa pagar caro demais por um smartphone que tire boas fotos. A PROTESTE mostra a você, aqui, uma seleção de produtos – entre os que estão em nosso comparador de celulares – que se saíram bem nos testes de uso da câmera traseira. E você vai ver que dá para comprar um modelo a partir de R$ 730 (o Lenovo Moto G5), sem ficar desapontado com os cliques que irá fazer.
Os celulares que apresentamos na tabela abaixo são bem parecidos em vários critérios. Quase todos possuem 12 MP de resolução, e outros poucos, 13 MP, como Moto Z, Moto G5 e LG G6. Os que se sobressaem nesse critério são o Galaxy A5 (2017) e o Galaxy A7 (2017), disponibilizando 16 MP, e o Sony Xperia XA1 Ultra, oferecendo 23 MP. Porém, isso não diz respeito à qualidade das câmeras, e sim ao tamanho das fotos.

Para saber não só qual é o melhor celular, mas sobre diversos produtos, associe-se agora. 

Já em relação à câmera frontal, a disparidade de resolução é mais gritante, indo de 5 MP – caso do Moto G5 e Moto G5 Plus – a 16 MP (Xperia XA1 Ultra, Galaxy A7 2017 e Galaxy A5 2017). Todos os dispositivos possuem detecção de face e focagem automática, além da opção de marcar a localização na foto. Eles têm, ainda, zoom digital – o LG G6 é o único a oferecer o tipo ótico, que pode chegar a até 2,4x. Outros atributos em comum são flash LED, fotos macro e panorâmicas e obturador mecânico. 

Caso você queira uma pegada mais parecida à de uma câmera, a melhor opção é o Sony Xperia XA1 Ultra, único modelo com a função de botão de disparo para foco. Já os amantes de vídeo devem evitar esse mesmo aparelho, que, juntamente com o Galaxy A5 (2017) e o Galaxy A7 (2017), não disponibiliza o recurso slow motion e produziu imagens granuladas. Por outro lado, os outros smartphones listados aqui atendem muito bem a esse propósito, produzindo imagens fluidas, com brilho e contraste ideais. Veja os indicados na seguinte tabela:

celular-foto-tabela

Apple e Samsung ainda são referência 
No que diz respeito à qualidade da câmera, vimos que os modelos de última geração da Apple e da Samsung, como Galaxy S8 e iPhone 8, fazem jus ao seu preço elevado. Eles oferecem fotos de qualidade superior tanto na câmera frontal quanto na traseira. 
Mas, se não quiser desembolsar esse valor, há outras opções. O LG G6 foi o único muito bom no critério de foto de distância próxima sem flash, com avaliação positiva também no teste de zoom. Estas são, aliás, as únicas deficiências nas câmeras tidas como sendo apenas aceitáveis. Mesmo assim, por menos de R$ 2.000, é possível levar para casa um celular com câmera traseira de qualidade boa, como o Moto Z. Ao fazer isso, em vez de comprar o iPhone 8 Plus, você vai poupar R$ 2.298 (comparação dos preços mínimos).

Descubra a avaliação completa de vários outros celulares em nosso comparador.

para as selfies, grande parte dos smartphones já vêm com flash via display na câmera frontal, deixando a tela branca para iluminar, de forma ideal, seu autorretrato. Em nossa análise, a maioria dos dispositivos recebeu avaliação boa, com destaque para Xperia XA1 Ultra, iPhone 8 e iPhone 8 Plus. Já os aparelhos Galaxy A5 (2017), Galaxy A7 (2017), Moto G5 e Moto G5 Plus pecam um pouco na qualidade da câmera frontal, avaliados como ruins.

Gostou deste conteúdo? Cadastre-se agora e receba gratuitamente informações da PROTESTE! Se você é associado e precisa de ajuda, ligue para nosso Serviço de Defesa do Consumidor pelo 0800 282 2204 (de telefone fixo) ou (21) 3906-3900 (de celular).

Leia também

apple
moto-x4-aparelho
plano-de-celular
tv-de-tubo

Deixe seu comentário()

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.