Notícia

Google lança celular Nexus One

11 janeiro 2010

11 janeiro 2010

Aparelho é poderoso e totalmente integrado aos serviços de Internet, mas tem pouca memória.

Copyright: Schierlitz & Budewig Foto por Tom Schierlitz

O Google lançou em 5 de janeiro o Nexus One, um novo modelo de telefone celular. A empresa já está nesse mercado desde o surgimento do Android (sistema operacional para os smartphones), utilizados pela fabricante HTC em seus aparelhos. Mas, pela primeira vez, a companhia de buscas coloca sua marca num celular, também fabricado pela HTC.

Nexus One já vem com menus em português

  • Processador de 1GHz, 512 Mb de memória ROM e 512 Mb de memória RAM.
  • Sua tela, embora agradável, não é multi-touch. Portanto, você não pode usar dois dedos ao mesmo tempo para determinados recursos, como zoom.
  • Cartão de memória SD de 4 Gb que pode ser expandido até 32 Gb.
  • Tem acelerômetro, bússola, GPS, Wi-Fi, conexão 3G e um comando de voz que permite a inserção de palavras por voz;
  • Câmera de 5 megapixels com flash, que também grava vídeos no formato MP4;
  • Traz um recurso antirruído que reduz a captação de barulho do ambiente;
  • Já vem com menus em português.

Ele é integrado com todos os serviços do Google como o Google Maps, Gmail, canal direto com o Youtube e traz o Android 2.1, a mais nova versão desse sistema operacional.

Muitos aplicativos, mas pouca memória para instalá-los
Copyright: Schierlitz & Budewig Foto por Tom Schierlitz

Os aplicativos criados pelos usuários também estão presentes no telefone do Google. Há uma opção de mercado para esse tipo de aplicativo que pode ser acessada pelo celular. O Google já promete que não será tão restrita em relação aos aplicativos.

Um problema no aparelho, porém, é a pouca memória para a instalação desses aplicativos: apenas 512 MB. O Google promete uma atualização que permitirá que os aplicativos sejam instalados no cartão de memória SD.

Ainda não há previsão de chegada ao Brasil

O Nexus One foi lançado apenas nos EUA, Hong Kong e na Grã-Bretanha, com o preço médio de US$ 530,00, bem mais caro que o seu rival direto – o iPhone. Não existe ainda uma data definida para o lançamento do celular no mercado brasileiro.


Imprimir Enviar a um amigo