Veja todas as publicações da PROTESTE em seu celular ou tablet!

Moto Snaps realmente melhoram as funções do smartphone?
Veja o nosso teste e saiba se os acessórios vendidos a parte são eficientes ao fazer projeções, expandir a bateria, aumentar o som ou aprimorar a câmera do aparelho. Confira o resultado e descubra se vale a pena investir neles.
09 junho 2017 |
MotoSnaps
 Os Moto Moods (ou Moto Snaps) são os acessórios modulares da linha Moto Z que se encaixam como uma capinha inteligente na traseira do celular para agregar funções extras, como: expandir a duração de bateria (Incipio Offgrid Power Pack), projetar vídeos (InstaShare Projector), aumentar a potência do som (JBS Soundboost Speaker) ou até aprimorar a qualidade da câmera com zoom óptico de 10x (Hasselblad). 

Todas as partes modulares funcionam tanto no Moto Z, Moto Z Play e também no novo Moto Z2 Play. Os da primeira geração inclusive, agora estão sendo vendidos em edições especiais com Moto Moods. Mas, para quem tem um Moto Z2, será que vale a pena investir na compra desses acessórios? Para tirar essa dúvida, nós testamos a função dos módulos vendidos pela Motorola. Confira o resultado e a nossa análise sobre cada um deles:

Melhoria na câmera digital é pequena 

A Hasselblad True Zoom promete fazer uma grande melhoria na câmera digital do aparelho com fotos com zoom óptico de até 10x. Quando acoplado ao smartphone deixa o aparelho bastante espesso e 121g mais pesado. E apesar de o equipamento possuir boas especificações (12MP, resolução 1080p FullHD, lente focal de 4.5 – 45 mm, zoom digital de 4x, flash de Xenon, entre outros), não traz as funções slow-motion, 4K, além dos 16 MP já presentes na câmera traseira do próprio Moto Z. 
Hasselblad true zoom
Prós: qualidade do zoom; ângulo da lente dá mais amplitude às fotos; Flash Xenon; estabilizador de imagem.
Contras: preço alto (R$1499); imagens muito claras; estabilizador para vídeo; pouca luz com zoom óptico; foco automático lento; tempo de disparo lento; localização do botão On/Off e proximidade com os botões de zoom e disparo; Efeito Bokeh (que deixa a parte de traz da foto embaçada) é ruim.

Durante o  teste, o aplicativo do Snap travou ou parou de funcionar diversas vezes. Ao fazer um vídeo, deixou perceptível o som de ajuste do zoom na gravação. Além disso, caso você desconecte o acessório do aparelho com o zoom estendido, ele não retrai automaticamente. Por fim, embora tenha algumas boas soluções, a Snap Hasselblad peca em diversos pontos e na prática pode não valer a pena desembolsar R$1499 pela compra do acessório.
 

Falta Bluetooth na caixa de som portátil 

O segundo módulo que testamos foi a JBL SoundBoost Speaker, que promete maximizar o áudio do aparelho. A caixa de som tem uma haste para deixar o celular posicionado como uma TV e vem estruturada com dois alto falantes estéreo de 2w de potência.
cxsomjbl
A qualidade do som é boa e não há muita distorção nem mesmo nos volumes altos. Já a potência do áudio atende para um ambiente pequeno e com poucas pessoas. Portanto, não espere fazer uma festa com o som deste aparelho. 

Caixas de som Bluetooth: bom desempenho e qualidade de áudio

No teste prático, a JBL SoundBoost Speaker funcionou por bastante tempo (30 horas) e se mostrou realmente capaz de melhorar o som do celular Moto Z. Por outro lado é ainda mais pesada que o Snap da câmera, pois deixa o aparelho com o total de 310g. A desvantagem também fica por conta da falta de conexão Bluetooth e do preço alto (R$699,00) se comparado às caixas de som Bluetooth disponíveis no mercado atualmente. 

 
Projetor de imagens peca na qualidade 

O terceiro módulo testado foi o Moto Insta-Share Projector, que promete 10.000 horas de uso e projeção de imagens com até 70 polegadas. Além de vídeos, o acessório projeta conteúdos diversos, como fotos, jogos e até vídeos de aplicativos como o NetFlix. Vem com bateria interna de 1100 mAh, que dá autonomia de até 1h de projeção antes de começar a consumir a bateria do smartphone. 
Insta-Share Projector
Em um ambiente escuro o projetor entrega uma qualidade aceitável nas 70 polegadas de projeção prometidas, mas peca com uma resolução de imagem fraca e um pouco borrada. Outra desvantagem é que o módulo não possui uma caixa de som embutida e será preciso uma caixa de som Bluetooth auxiliar ou usar o áudio do próprio celular para ouvir o som. 

TV por assinatura ou streaming? Tome uma decisão!

Durante o uso, ele oferece facilidade para ajustar a imagem, mas peca na usabilidade da engrenagem de ajuste do foco, que poderia ser maior melhor localizada. Além disso, o acessório não é leve. Quando acoplado ao aparelho, fica com o peso total de 312g.

Apesar do Insta-Share Projector ter se mostrado bom em salas mais escuras, não espere utilizá-lo como uma TV e nem como um projetor profissional, pois embora ele tenha uma boa qualidade, não consegue chegar perto da definição obtida por esses dois. Portanto, pelo que o Insta-Share Projector oferece, pode não compensar investir R$1499 nele


Bateria portátil funciona, mas tem preço alto

O último acessório que testamos foi a bateria portátil Incipio Offgrid PowerBack. Ela possui autonomia total de 2220 mAh e durante o nosso teste conseguiu prolongar em 6,7h o uso do smartphone. Isso significa uma carga extra de 50% a mais para o seu aparelho. 

Bateria de celular: como fazê-la durar mais
bateria-portatil
Com o peso de apenas 249g quando acoplada ao aparelho, a PowerBack foi o acessório mais leve de todos os módulos testados. Por outro lado, o destaque negativo fica por conta do preço (R$399,00), que faz com que o aparelho custe bem mais caro que a maioria das baterias portáteis disponíveis no mercado.
 

Gostou deste conteúdo? Cadastre-se agora e receba gratuitamente informações da PROTESTE! Se você é associado e precisa de ajuda, ligue para nosso Serviço de Defesa do Consumidor pelo 0800 282 2204 (de telefone fixo) ou (21) 3906-3900 (de celular).

Leia também

apple
aluno-inadimplente
água de coco
amazon-vende-brasil

Deixe seu comentário()

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.