Notícia

Nokia de volta ao mercado de smartphones?

22 setembro 2016
Nokia-C1

22 setembro 2016
Segundo rumores, a fabricante pode lançar o novo Nokia C1 com Android e configuração de peso para competir com os atuais carros chefe da Apple e Samsung.

Nokia de volta ao mercado de smartphones

Durante a sua trajetória pelo mercado de smartphones, a Nokia acabou substituindo seu antiquado sistema operacional Symbian pelo Windows Phone e se manteve nele até 2013 quando a Microsoft comprou a subdivisão de dispositivos móveis da empresa por cerca de 7,2 bilhões de dólares, em 2013. Desde então a Nokia não lançou mais aparelhos com sua marca. 

Três anos após o encerramento da produção de novos aparelhos, surgiram diversos rumores na Internet indicando que a Nokia voltará com tudo para o mercado de smartphones ainda este ano. O primeiro aparelho chamado Nokia C1, viria para competir com diretamente com os smartphones tops de linha da Apple e Samsung. 

Tela

O Nokia C1 viria em duas versões diferentes: uma com a tela maior e outro com tela menor, provavelmente com 4,7 e 5,5 polegadas, respectivamente. Os aparelhos seriam high-end, ou seja, poderosos o suficiente para competirem de frente com o iPhone 7/7 Plus da Apple e Galaxy S7/Note 7, da Samsung. 

Câmera

O item mais esperado - a câmera - viria com algum diferencial característico da Nokia (provavelmente a lente) e seria tão boa quanto a dos atuais melhores smartphones do mercado. 

Processador

O aparelho viria ainda equipado do novíssimo Snapdragon 821 com 4GB RAM e a Nokia provavelmente manteriam a Qualcomm como fabricante do processador.  

Sistema operacional

Já sobre o sistema operacional, ao contrário do antigo Symbian e até mesmo o Windows Phone, - presente nos últimos aparelhos lançados pela fabricante – o novo Nokia C1 viria com o Android Nougat 7.0, porém, com uma interface bem diferente do Android puro e que lembraria um pouco mais o a interface do Windows Phone, assim como o seu antigo Nokia X. 

Mercado

De modo geral, pode ser um pouco arriscado para a Nokia retomar a produção de smartphones já disposta a enfrentar os carros chefes das principais empresas atualmente. Porém, sob o ponto de vista de mercado e principalmente dos consumidores, o retorno é positivo, pois trará mais uma opção de escolha e concorrência ainda mais acirrada entre as marcas. 


Gostou deste conteúdo? Cadastre-se agora e receba gratuitamente informações da PROTESTE!


Imprimir Enviar a um amigo