Notícia

Seguro para celular contra roubo e furto

11 junho 2015

11 junho 2015

Por conta do grande número de furtos de celulares os seguros para estes aparelhos estão se popularizando no Brasil. E se você já teve um smartphone roubado sabe como teria sido importante ter um seguro para este bem de alto valor. Confira as dicas da PROTESTE e previna-se de futuros problemas.

O seguro para celular não é caro comparado ao preço de um aparelho novo. Por isso, a PROTESTE acredita que a contratação deste serviço vale a pena. Porém, o consumidor precisar ter atenção às regras do seguro, como exclusões, franquias, carências e avaliar se a cobertura atende as suas necessidades antes de adquirir o serviço.


Este tipo de seguro são ofertados por seguradoras e operadoras em conjunto com uma companhia de seguros. Em geral, são oferecidas coberturas de roubo em situações de subtração do aparelho por ameaça ou violência, e de furto qualificado quando a vítima não sabe que o celular foi levado, mas existem vestígios de destruição ou rompimento. 



Tipos de franquias e coberturas

Porém, há serviços diferentes como da seguradora Porto Seguro, que oferece cobertura principal aos danos físicos que podem decorrer de incêndios, explosões ou impactos. E, ainda, existem coberturas opcionais de danos elétricos e cobertura para acessórios como capa, cartão de memória e fone de ouvido. Este tipo de cobertura para danos elétricos também é encontrado na seguradora Mapfre.


Algumas operadoras também oferecem o seguro como a TIM, por meio da Assurant Seguradora, e Vivo, por meio da seguradora Zurich Minas.


A lista do que não é coberto é extensa: furtos simples, danos por queda ou mau uso e etc. Isso torna imprescindível a leitura prévia e atenciosa do contrato antes da contratação. E no caso de compras realizadas no exterior, o valor indenizado é o mesmo da nota fiscal.


É preciso analisar o contrato com atenção pois existem opções de seguros que exigem carência de 30 dias. Caso o smartphone seja roubado antes deste período, a seguradora não é obrigada indenizar o cliente. 


Observe com atenção os detalhes da franquia pois em alguns seguros o valor chega a 25% do valor de nota fiscal do aparelho. E também sobre a restrição das seguradoras em relação ao ano do aparelho, que em alguns casos recusam o seguro para celulares com mais de um ano de uso. 


Valores para a contratação do seguro

O custo anual do seguro para o aparelho Iphone 5S, que hoje custa R$ 2.199 no site do Wallmart é R$ 473,49 na seguradora Porto Seguro. O valor equivale a 27% do valor do aparelho, considerando que o seguro dá as coberturas de danos físicos, subtração de bens e danos elétricos.


Já em ambas as operadoras de telefonia citadas, o custo anual do seguro é praticamente o mesmo, girando em torno de 13% a 14% do custo do aparelho, considerando que o seguro oferece apenas a cobertura de subtração de bens. Neste caso o custo anual do seguro para o aparelho Iphone 5S custaria R$ 275,88, na Vivo e R$ 299,88, na Tim.  


Atualmente os smartphones estão cada vez mais indispensáveis no trabalho e na vida pessoal. E dependendo do seu perfil de usuário o seguro pode valer a pena para garantir a rápida reposição do aparelho já que é muito comum quebrar o aparelho ou ser vítima de furto.


Lembre-se, antes de contratar o seguro pesquise muito, conheça as opções oferecidas por cada seguradora ou operadora e descubra qual se adapta melhor a sua realidade financeira.


Gostou deste conteúdo? Cadastre-se agora e ganhe acesso ao conteúdo exclusivo que reservamos para você!



Imprimir Enviar a um amigo