Mais Barato PROTESTE: Utilize nosso plugin e garanta os menores preços, nas melhores lojas!

SONY: criar para acabar com o duopólio
A marca aproveitou a Mobile World Congress para mostrar para o público seu novo smartphones e tablet Xperia Z.
27 fevereiro 2013 |

Não é nenhum segredo que o forte da Sony sempre foi o áudio, mas a empresa japonesa decidiu considerar o desafio de quebrar o duopólio da Apple e Samsung no mercado de smartphones e tablets.

Nada de telefones celulares para jovens ou países emergentes. A Sony vem com uma apresentação breve e enfática: o smartphones Xperia Z e o tablet com o mesmo nome. Com todos os requisitos de hardware necessários para produtos de alta qualidade, a Sony quer se diferenciar pela resistência de seus aparelhos e seu bom relacionamento com a qualidade do som.

O Xperia Z, tanto o aparelho quanto o tabletsão resistentes à prova de água e ao choque. Na Sony estão encantados em derramar copos de água em suas telas de toque, e brincam que eles também são resistentes aos cafés, gim e tônica. Além da piada (ou a capacidade de assistir a filmes na banheira), são uma grande vantagem em dias de chuva: as telas não perdem a sua função touch mesmo quando molhada.

É curioso que a grande força do Xperia Z tem sua origem em algo que aconteceu no Japão e o que está acontecendo agora na Espanha: os fabricantes pararam de subsidiar telefones e acabou a "tradição" de trocar de aparelho celular a cada ano. Agora temos que pagar pelos smartphones que precisam durar muito, por isso a ideia de torná-los mais resistentes.

O outro detalhe é que o uso de NFC (tipo de bluetooth) nos smartphones tablets, recurso ideal para comunicar-se facilmente com alto-falantes, MP3 players e outros acessórios da Sony.

Leia também

preco-galaxy-s7
img-plano-saude1
prato
IMG-queijominas

Deixe seu comentário()

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.