Notícia

Vídeo: Xiaomi chega ao Brasil com smartphone de entrada por R$ 499

01 julho 2015

01 julho 2015

Com estratégia agressiva empresa chinesa Xiaomi lança smartphone de baixo custo por R$499. Por enquanto, as vendas acontecerão somente pelo site oficial da marca.


Durante o lançamento da marca Xiaomi no Brasil, comandada pelo brasileiro Hugo Barra, VP internacional da empresa, a marca chinesa anunciou o smartphone Redmi2, e alguns acessórios tecnológicos como a pulseira inteligente Mi Band e a bateria recarregadora PowerBank. A impressão da PROTESTE foi que a empresa chinesa investiu em uma estratégia agressiva para fomentar a competitividade no mercado Brasileiro.


O evento de lançamento começou voltado para os “Mi fãs”, referência aos smartphones de ponta deles, que atualmente é o Mi4. O apresentador agradeceu bastante pela animação nas redes sociais e até pela divulgação espontânea feita por eles. 


Vale lembrar que, grande parte dos fãs acabaram não entrando no evento no primeiro momento, pois, segundo o próprio Hugo Barra, muitos fãs acabaram não confirmando presença. 


Por esse motivo, outra sessão do mesmo evento será feita somente para os fãs que ficaram de fora. Mesmo após esta solução, o problema de superlotação no evento acabou gerando muitas reclamações dos visitantes nas redes sociais.

No segundo momento do evento foram apresentados resultados da trajetória da empresa, no qual foi abordado o fato de que em apenas cinco anos a Xiaomi já é a quinta empresa no ranking mundial de vendas de smartphones e, logicamente, a primeira na China.


A Xiaomi é uma empresa de aparelhos high-tech e não apenas de smartphones. Por isso, foram divulgados outros aparelhos da marca como televisores, roteadores e climatizadores de ar. No entanto, não foi anunciada a chegada destes produtos no mercado nacional.

A Xiaomi também trouxe muitas novidades sobre o seu sistema operacional MIUI 6, baseado no Android, presente nos smartphones da marca. 


O sistema, que atualmente possuem 100 milhões de usuários, realiza um ciclo semanal de atualização bem organizado. O ciclo ocorre utilizando três dias para programações e após dois dias os testes já são realizados pelos usuários.

O sistema operacional MIUI 6 possui uma grande variedade de temas e funcionalidades, lembrando muito os temas do Galaxy S6

Alguns exemplos são as opções de antivírus, armazenamento em nuvem e gerenciador de memória integrado, e para completar uma versão muito parecida do conhecido “Embelezador” do Samsung Galaxy, chamado de Beautiful. O software aplica de forma inteligente, filtros nas imagens selfies com base na idade do indivíduo fotografado.


Logo depois chegou o momento mais esperado do evento, o lançamento de um dos smartphones da marca. Embora fosse esperado mais de um smartphone, somente o Redmi 2 foi lançado no Brasil. O lançamento de apenas um aparelho causou um pouco de estranheza, pois esperávamos a tentativa de entrar no mercado nacional com aparelho top de linha Mi4.


Em diversos momentos do evento o smartphone RedMi 2 era comparado com concorrentes de peso, principalmente com o iPhone 6. Confira abaixo algumas características do aparelho: 


  • Chipset Qualcomm Snapdragon 410 64-bit Quad-Core com clock máximo em 1,2GHz;
  • 8GB de armazenamento interno, expansível via microSD;
  • Android 4.4.4 KitKat com MIUI 6;
  • Tela IPS LCD de 4,7 polegadas e resolução HD (720 x 1280 pixels);
  • 1GB de RAM;
  • Câmera principal de 8MP;
  • Câmera frontal de 2MP;
  • Dual-SIM Dual-4G LTE;
  • Bateria de 2.200mAh.


A grande novidade ficou por conta do dual chip compatível com a rede 4G . Em ambos os chips é possível utilizar a tecnologia 4G, diferente da maioria dos smartphones do mercado.

A tela do smartphone foi, para o Hugo Barra, um show a parte, já que a marca optou por não utilizar o super famoso vidro Gorilla Glass. A opção escolhida para proteger a tela foi o pouco conhecido AGC Dragontail Glass. 


E para suprir a curiosidade dos Mi Fãs e da imprensa sobre a qualidade da tela, ele tirou uma chave do bolso e tentou arranhar a superfície por um tempo e depois pediu para a câmera focar no smartphone que não teve nenhum arranhão. Porém, de qualquer modo, em um telão não seria muito fácil verificar a existência de qualquer tipo de arranhão.


O aparelho chegará ao mercado brasileiro dia 7 de julho por  R$499. E para garantir qualquer problema com a marca recém chegada no mercado nacional, a assistência técnica será diferenciada.


Outros dois produtos foram anunciados no evento acompanhando o Redmi 2. Um deles foi a pulseira inteligente “Mi Band”, com bateria de 30 dias e resistência a água e poeira, com diversas cores e modelos em couro sintético, por R$ 95. 

E, ainda, o carregador de bateria portátil de 10400 mAh por R $99. Esse último foi entregue como brinde para todos os “Mi fãs”  e profissionais da imprensa presentes no evento.


Gostou deste conteúdo? Cadastre-se agora e ganhe acesso ao conteúdo exclusivo que reservamos para você!



Imprimir Enviar a um amigo